A polêmica do ‘pinicão’ e o debate político de 2016

Ponta Grossa realmente é uma cidade pródiga na perda de tempo com a discussão de bobagens na esfera política. A polêmica do momento foi uma declaração do deputado estadual Márcio Pauliki (PDT) numa entrevista, concedida quarta-feira passada, ao empresário Marcos Zampieri, da Rádio MZ FM. Na entrevista, o deputado alertou para o risco de o Lago de Olarias, ainda em construção, virar um ‘pinicão’, caso os cuidados ambientais necessários não sejam tomados no sentido de despoluir os arroios que formam as represas.

O Lago de Olarias, projeto do ex-prefeito Péricles de Holleben de Mello, vem recebendo uma atenção especial do governo Marcelo Rangel, que correu atrás de recursos estaduais e federais e, aos poucos, está conseguindo tirar a ideia do papel. Ao todo, deve custar mais de R$ 25 milhões. Depois de concluído, certamente será um dos cartões postais da cidade, oferecendo uma importante opção de lazer aos ponta-grossenses. Trata-se de um projeto, portanto, considerado a ´menina dos olhos’ de Rangel, uma vez que, se tirado do papel, pode virar uma das principais marcas do atual governo.

Não por acaso, a expressão ‘pinicão’ utilizada por Pauliki soou com um soco no estômago do governo, especialmente no presidente da Agência Reguladora de Águas e Saneamento (ARAS), Márcio Ferreira. A ARAS é quem toca as obras do Lago de Olarias. E Márcio Ferreira, além de um dos mais fervorosos defensores de Rangel, também é um dos mais ferrenhos adversários - e por consequência, desafeto – de Pauliki. Aliás, dá pra dizer que as desavenças entre “MF” e Pauliki extrapolam o limite da divergência política, chegando a uma intriga pessoal, que já esbarra, inclusive, nos tribunais!

Ontem, a expressão ‘pinicão’, utilizada pelo deputado, virou uma arma contra ele. Um folheto apócrifo – atribuído aos moradores de Olarias - foi distribuído aos moradores da região, acusando Pauliki de ofender à população que reside no entorno do lago. O deputado se defendeu, explicando que, na verdade, quando falou em ‘pinicão” estava referindo-se ao risco de o Lago de Olarias realmente tornar-se um depósito de esgoto, caso as autoridades não tomem as medidas necessárias afim de despoluir as nascentes que formam as represas.

Verdade seja dita, os arroios de Ponta Grossa são sim verdadeiros depósitos a céu aberto do esgoto despejado, clandestinamente, por milhares de moradias, muitas delas irregularidades, existentes nos fundos de vale do Município. A preocupação levantada pelo deputado é bastante válida. Da mesma forma como foi esclarecedor o rápido posicionamento da ARAS e outros órgãos do governo municipal no sentido de assegurar à população que todos as providências foram tomadas a fim de assegurar que o Lago não está poluído.

O triste, nesta história toda, é a politicagem criada em torno de um assunto importante. É preciso um pouco mais de respeito à inteligência dos ponta-grossenses. Todos sabem da importância do Lago de Olarias para cidade, assim como reconhecem o empenho do governo Marcelo Rangel para fazer com que esse projeto se torne uma realidade. Por outro lado, criticar a forma como o projeto é realizado e levantar um questionamento acerca dos cuidados ambientais na formação das represas não é nenhum crime.

Espera-se que essa forma de fazer política, vista neste episódio, não se repita. Até porque as eleições ainda nem começaram. Ponta Grossa, aliás, merece um debate político mais qualificado, com apresentação de ideias e projetos novos, que venham atender a demanda dos eleitores/cidadãos em torno de um forma moderna de fazer política. E isso certamente passa por uma revisão de conceitos e valores. A começar pela forma como se trava uma disputa eleitoral...

Abafadonas...

***Já estão pensando em montar um octógono no plenário da Câmara Municipal de Ponta Grossa, com suporte do SAMU; contratação de Bruce Buffer, locutor oficial do UFC; e a transformação da galeria em arquibancada com cobrança de ingressos para os interessados em assistir aos embates travados no ringue, aliás, plenário do Legislativo.

***O episódio ocorrido na sessão da última quarta-feira, quando, por muito pouco, os vereadores Romualdo Camargo (PSDC) e Delmar Pimentel (PP) não saíram no ‘muque’ para resolver suas diferenças é um sinal de que a temporada eleitoral de 2016 será bastante tensa no Legislativo Municipal. E olha que a eleição ainda nem começou. Calma gente! Maracugina de vez em quando ajuda!

***O plenário da Câmara é o espaço da discussão da ideias e tomada de decisões acerca de temas importantes para a população. Os interesses pessoais, de grupos ou partidos, devem ser deixados de lado. Os eleitores/cidadãos ponta-grossenses estão de olho!

Eloir Rodrigues
eloir@jmnews.com.br

Capa da edição desta quarta-feira (17/07/2019) do JM

Capa da edição desta quarta-feira (17/07/2019) do JM...

Vagas na Agência do Trabalhador para quarta-feira (17/07)

Vagas na Agência do Trabalhador para quarta-feira (17/07)...

Charge da edição desta quarta-feira (17/07/2019) do JM

Charge da edição desta quarta-feira (17/07/2019) do JM...

A indústria e a Previdência

A indústria e a Previdência...

PG e a Escola Segura

PG e a Escola Segura...

PYL FC estreia na segunda fase do Paranaense

PYL FC estreia na segunda fase do Paranaense...

Sanepar realiza obra na rede de distribuição nesta quinta-feira 

Sanepar realiza obra na rede de distribuição nesta quinta-feira ...

Confira o seu horóscopo para esta quarta-feira (17/07)

Confira o seu horóscopo para esta quarta-feira (17/07)...

Portos do Paraná têm saldo positivo de US$ 1,87 bilhão

Portos do Paraná têm saldo positivo de US$ 1,87 bilhão...

Cescage oferece descontos para transferências

Cescage oferece descontos para transferências...

‘Dilsinho’ faz show PG na próxima semana

‘Dilsinho’ faz show PG na próxima semana...

Vinícius Camargo apoia criação de fundo de transporte

Vinícius Camargo apoia criação de fundo de transporte...

Mercado imobiliário projeta crescimento nos negócios

Mercado imobiliário projeta crescimento nos negócios...

Inadimplência cresce 0,9% no primeiro semestre de 2019

Inadimplência cresce 0,9% no primeiro semestre de 2019...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS