PUBLICIDADE

Gelatina elucida estados da matéria em dinâmica de Castro

Recursos práticos e objetivos foram utilizados na disciplina de Ciências no 5º ano da Escola Santo Lazarini; docente comenta aspectos da atividade – que terminou com saborosa degustação

Alunos foram protagonistas do trabalho e entenderam os vários processos de transformação
Alunos foram protagonistas do trabalho e entenderam os vários processos de transformação -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Os estados da matéria, dentro do Componente Curricular de Ciências, foram alvos de estudos no 5º ano A da Escola Municipal Santa Lazarini, em Castro. A professora Rosenilda Gonlçaves Bueno destaca que experiências com gêneros são excelentes oportunidades para demonstração de mudanças que ocorrem pelo calor, assim com o papel da temperatura na transformação da matéria.

“O objetivo da minha aula seria mostrar, na prática, as mudanças que ocorrem na matéria, e para isso usamos a gelatina como material. As crianças sabem que a água endurece quando colocada na geladeira e que o gelo derrete se ficar sob o sol. Mas é possível ir mais além, atiçar a curiosidade e fazer da aula um objeto de investigação”, aponta a docente.

Assim, educadora e turma fizeram uma gelatina, ajudando Rosenilda a explicar os estados físicos da matéria, bem como as transformações ocorridas de um estado para o outro, “pois no momento em que esquentávamos a água, pudemos observar vapor saindo da chaleira elétrica, o que caracteriza a ‘vaporização’, e depois na tampa da mesma chaleira também observamos gotículas de água, mostrando para nós a ‘condensação’”, complementa a professora.

Por fim, a docente cita que também foi possível observar a fusão com o degelo da gelatina. “Foi uma atividade bem divertida, participativa e relativamente rápida, já que a sobremesa ficou pronta em duas horas. A vantagem é a possibilidade de mostrar várias mudanças de estado físico às crianças que ficam frente a frente com o vapor (da água quente), o sólido (a gelatina pronta) e o líquido (a água fria). Eles mesmo prepararam e ao final fizeram a degustação”, conclui Rosenilda.

Acesse o blog escolar da Escola Santo Lazarini clicando aqui.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE