Dança clássica em turma de Ipiranga é tema do Vamos Ler

Brincadeira ‘Escravos de Jó’ no 4º ano da Escola Rural de Avencal divertiu e conscientizou alunos sobre a escravidão

VÍDEO
Brincadeira ‘Escravos de Jó’ divertiu e conscientizou alunos sobre a escravidão no 4º ano da Escola Rural de Avencal | Autor: Dhiego Tchmolo

Luana Abrantes

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Brincadeira ‘Escravos de Jó’ no 4º ano da Escola Rural de Avencal divertiu e conscientizou alunos sobre a escravidão 

Os alunos do 4° ano A, da Escola Rural Municipal de Avencal, durante estudo sobre os imigrantes que vieram para o Brasil e suas culturas, desenvolveram atividades relacionadas ao tema, com auxilio e orientação da professora Michele Denck.

Debatendo sobre o assunto proposto, a turma pode conhecer mais sobre a cultura de outros povos em sua vinda ao Brasil. Com isso, foi apresentado aos estudantes a música ‘Escravos de Jó’, que após apresentação de um vídeo, todos os alunos da turma, reproduziram a dança.

“Por ser uma dança alagoana e que faz referência aos escravos, reproduzimos esta atividade como um complemento dos conteúdos imigrantes no Brasil e suas culturas. Uma história provável sobre está canção é que a cultura negra tenha se apropriado de uma figura para simbolizar o homem rico da cantiga de roda. Os escravos que faziam o zigue zigue zá seriam os fujões, que corriam em ziguezague para despistar os capitães-do-mato”, explicou a docente sobre a uma história desta canção e dança vista, mesmo que já seja conhecida no mundo das crianças e na escola.

Michele ressaltou que a atividade tinha como objetivo estimular a atenção, concentração, coordenação motora, linguagem, ritmo, memória e a cooperação entre os participantes. Uma vez, durante o seu desenvolvimento, os participantes deviam ter paciência entre si, até aprenderem bem a dinâmica da brincadeira, respeitando o seu próprio ritmo.

Acesse o blog escolar da Escola Rural de Avencal clicando aqui.  

Conteúdo de marca

Quero divulgar right