Campanha ambiental e solidária arrecada tampinhas em Reserva

Projeto é aplicado na Escola Elvira Rosas e Cmei Escolinha Mágica para ser doada à entidade de Ponta Grossa; professora detalha aspectos da iniciativa

Adesão contribui com estudo ambientais e construção cidadã
Adesão contribui com estudo ambientais e construção cidadã -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Projeto é aplicado na Escola Elvira Rosas e Cmei Escolinha Mágica para ser doada à entidade de Ponta Grossa; professora detalha aspectos da iniciativa

Um amplo trabalho de educação e consciência ambiental vem ocorrendo na Escola Municipal Elvira Rosas e no Cmei Escolinha Mágica em Reserva. A iniciativa da professora Gislene Batista de Oliveira, em ambas as instituições de ensino no bairro de José Lacerda, área rural do município vem contribuindo com o meio ambiente por meio do projeto ‘Tampinha do Bem’.

“Como professora e cidadã, sempre tive a preocupação em conscientizar as pessoas sobre o descarte correto e reciclagem do lixo. Graças a minha profissão tenho a possibilidade de abranger muitas crianças/famílias, desenvolvendo atividades voltadas à consciência ambiental e a importância das lixeiras de coleta seletiva – que não há no meu bairro, mas um dia teremos com certeza”, destaca a docente.

Neste contexto, a educadora trouxe uma campanha especial para escola, o ‘Tampinha do Bem’, que busca arrecadar tampas de garrafas pets, sendo destinadas à Comunidade Servos Pobres, em Ponta Grossa, onde contribuem para a compra de materiais para fraldas geriátricas.

“Assim como já 98,7% das latinhas de alumínio são recicladas no Brasil, espero que todo nosso lixo possa ser reutilizado um dia. Estamos muito longe de alcançarmos melhores resultados no ranking dos países que mais reciclam no mundo, mas quando posso trazer campanhas como essas para dentro da escola, sonho com melhores posições no futuro”, complementa Gislene.

Para fechar, a professora cita que a informação e divulgação da campanha foi feito com os alunos nos diferentes turnos, além de encaminhar um vídeo informativo nos grupos de WhatsApp das turmas. Por fim, a docente cita outros dois pontos de arrecadação: o colégio estadual do bairro e a sala de catequese.

Acesse o blog escolar da Escola Elvira Rosas clicando aqui.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right