PUBLICIDADE

Reserva aplica R$ 1,3 mi em novas casas e faz parceria com a Cohapar

Mais de 30 residências estão sendo construídas para famílias de baixa renda na área urbana e em três localidades

Prazo de entrega está previsto para outubro de 2023. Cada moradia está avaliada em torno de R$ 38 mil
Prazo de entrega está previsto para outubro de 2023. Cada moradia está avaliada em torno de R$ 38 mil -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Secretaria Municipal de Obras e Habitação de Reserva vem buscando amenizar  o déficit habitacional da cidadde. Com investimentos próprios de R$ 1,3 milhão, 35 residências estão sendo construídas para famílias de baixa renda na área urbana e em três localidades.

O prazo de entrega está previsto para outubro de 2023. Cada moradia está avaliada em torno de R$ 38 mil. As residências medem 44 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha e banheiro. O cadastro gratuito, aberto desde o ano passado, agora pode ser feito de forma online com documentos pessoais.  

Segundo dados atualizados na segunda-feira (12), quase 1,3 mil famílias esperam na fila por uma moradia em Reserva. “Desse número, aproximadamente 800 famílias estão aptas no programa local. O restante pode participar também, mas com prioridade em outros programas habitacionais” , disse o diretor Carlos Tito Berger.

Depois de concluir a primeira fase do residencial  Santos Dumont e avançar na segunda parte com parcerias da Caixa e do ‘Casa Fácil Paraná’, a prefeitura está colocando em prática mais uma das metas da gestão: viabilizar com recursos próprios casas populares. 

Dessas 35 moradias, 20 são para famílias que não possuem residências próprias, duas para o programa Aluguel Social, mantido pela Secretaria de Assistência Social, 13 irão substituir locais em situação de risco, sendo três na zona rural, em José Lacerda, Espigão Preto e Barrinha. O maior número de residências, 24,  está sendo erguida no loteamento que ganhou o nome  de Nova Esperança, no Jardim Paraná.

Mais 50 residências

A gestão de Reserva também fechou mais uma parceria com a Companhia Paranaense de Habitação (Cohapar) para construir mais 50 casas, através do programa ‘Casa Fácil Paraná’, no ano que vem. Interessados devem ter renda familiar de R$ 1,2 mil a 3,5 mil. O cadastro também ocorre online.

Com informações da Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE