Vendas de Páscoa têm alta e ovos esgotam em mercados

Devido à procura alta antecipada, mercados de Ponta Grossa já estão sem ovos de chocolate de marcas específicas

Como alguns ovos já esgotaram, as parreiras já estão com menos opções de produtos
Como alguns ovos já esgotaram, as parreiras já estão com menos opções de produtos -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Devido à procura alta antecipada, mercados de Ponta Grossa já estão sem ovos de chocolate de marcas específicas

Mesmo com a alta inflação, que elevou os preços dos produtos, com aumentos que chegaram em até 40% em ovos de chocolate (segundo pesquisa da Associação Paulista de Supermercados), há um otimismo no comércio quanto às vendas de páscoa neste ano. A Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), por exemplo, estima um crescimento de aproximadamente 2,5% nas vendas relacionadas à data em âmbito nacional. Em âmbito mais regionalizado, há a estimativa de crescimento até maior: o grupo Muffato, por exemplo, que possui unidades do Super Muffato e um Max Atacadista em Ponta Grossa, projeta ampliar em 10% as vendas da data neste ano. Em lojas da cidade, essa meta já foi superada.

“Os impactos da pandemia sobre a economia do país e do mundo mostram o que as pessoas sentem na prática; preços mais elevados e dificuldades na cadeia produtiva. O comércio vem sofrendo com aumento de preços que impactam de forma negativa sobre o dia a dia, e verá uma melhora tímida nas vendas nesta Páscoa”, diz Luís Augusto Ildefonso, diretor de relações Institucionais da associação dos Shoppings (Alshop).

Nas unidades do Muffato, o grupo estima uma elevação de 10% nas vendas, não apenas pelo desejo dos familiares de presentear os pequenos após um período de pandemia, mas também pela grande oferta de produtos diferenciados e especiais que o grupo está disponibilizando aos clientes, como opções para pessoas com restrições alimentareis, tais quais diabéticos, celíacos e intolerantes à lactose; e opções mais saudáveis, com maior percentual de cacau e sem açúcar, ou ovos ‘fitness’.

Como esta é a última semana até o domingo da Páscoa, a procura já cresceu nos mercados – no Muffato, por exemplo, o grupo afirma que a procura costuma dobrar. Gerentes do grupo em Ponta Grossa, ouvidos nesta terça-feira (12), informou a assessoria de imprensa, confirmaram o grande volume de vendas no último fim de semana, especialmente de ovos de chocolate, já superando as expectativas de vendas. O reflexo disso é que ovos com temática infantil, com brinquedos, já estão próximo do fim, inclusive sem mais estoque.

Ipem orienta os consumidores

O Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem-PR) alerta os consumidores para alguns cuidados na hora da compra de produtos típicos da Semana Santa e celebração da Páscoa. Neste período há aumento significativo no consumo de pescados frescos e congelados, de chocolates, colombas, bombons e ovos de chocolates com brinquedos. O instituto alerta que o consumidor deve estar atento às indicações de peso e volume, que precisam estar claros na embalagem - ela não pode compor o peso do produto. Se vai comprar peixe fresco em feira ou mercados, o consumidor deve acompanhar a pesagem do produto, que deve ser feita à sua vista. O consumidor que desconfiar ou encontrar irregularidades pode recorrer ao serviço da Ouvidoria do Ipem-PR pelo e-mail [email protected], pelo 0800 645 0102, ou site www.ipem.pr.gov.br.

Com informações das assessorias