aRedeShopping aRedeNegócios Jornal da Manhã

Ponta Grossa

A Lei nº 20.127/2020 garante o direito de escolha da gestante paranaense.

Foto: Divulgação/Agência Brasil.

Rodolpho Bowens | Ponta Grossa | 17/01/2022 as 16:09h

Lei que garante parto adequado completa dois anos no Paraná

Projeto foi aprovado na Assembleia Legislativo do Paraná (Alep) e fala sobre os direitos das gestantes

No último sábado (15), a Lei nº 20.127/2020 – Lei do Parto Adequado – que garante o direito a todas as gestantes de risco habitual do Estado de escolher a via de parto, completa dois anos. A lei, que já beneficiou mães em todo o Paraná, é resultado do Projeto de Lei (PL) n.º 161/2019, de autoria da deputada Mabel Canto (PSC), que alterou a Lei nº 19.701/2018, a qual dispõe sobre a violência obstétrica e sobre os direitos da gestante e parturiente no Paraná.

“O Estado já possuía uma lei de combate à violência obstétrica, entretanto era preciso também garantir à gestante o direito de escolha e a um parto tranquilo, seguro e confortável. Dessa forma, com a sanção da ‘Lei do Parto Adequado’, o direito de escolha da gestante ou parturiente acerca de qual a modalidade de parto melhor atende as suas convicções, valores e crenças, deve ser respeitado, promovendo uma experiência agradável, confortável, tranquila e segura para a mãe e para o bebê”, disse Mabel.

Um dos compromissos assumidos pela deputada estadual é com as mulheres. Desde o início do mandato, ela tem elaborado projetos que atualizam a legislação que trata do combate à violência obstétrica, como o PL que visa a ampliar o serviço de denúncia ‘Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180’ em estabelecimentos, facilitando a realização de denúncias por descumprimento da ‘Lei do Parto Adequado’ e demais situações de violência obstétrica.

“A atualização da legislação é importante, pois temos visto nos últimos meses diversos casos de violência obstétrica, alguns inclusive ganhando repercussão nacional, como o caso da violência sofrida pela influenciadora digital Shantal Verdelho. Recentemente, acompanhamos alguns casos de violência obstétrica ocorridos no Hospital Regional do Litoral em Paranaguá, como o da gestante de gêmeos Bianca Araújo, que com seis meses de gestação, perdeu um bebê, com o tórax quebrado, após ser obrigada a ter um parto normal. Outro caso foi o da dona de casa Simony Serafim, que perdeu sua bebê após ter seu direito de escolha desrespeitado, havendo ainda, indicação clínica para a realização da cesariana” disse a parlamentar.

A deputada ainda destaca a importância de que as gestantes, durante o pré-natal, além de realizarem as consultas e exames, também se informem sobre seus direitos neste período, bem como durante e após o parto. “A informação é o que garante o poder da gestante contra a violência. Saber quais são seus direitos, quais procedimentos podem ser realizados ou não, além da presença de um acompanhante, são primordiais na luta contra a violência obstétrica. Além disso, ter a garantia de participar da escolha do seu parto, independente da via escolhida, parto normal ou cesárea, ajuda a garantir o objetivo de ambas as leis paranaenses: o nascer bem”.

Com informações: Assessoria de Imprensa.

email sharing button
email sharing button
email sharing button
email sharing button

PUBLICIDADE

Recomendados

Empresa de PG promove o 1º curso sobre nova lei de licitações
Veste 10 oferece qualidade e preço baixo em PG
Cara Nova é destaque na oferta de materiais de construção
Publicidade
Despachante presta consultoria para aquisição de armas em PG
Imobiliária abre vagas e contrata corretores em PG
Lavanderia 60 minutos é opção de economia e agilidade em PG
PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mix 19/05/2022 ás 06:30h
Campos Gerais 18/05/2022 ás 22:55h
Cotidiano 18/05/2022 ás 22:30h
Publicidade
Campos Gerais 18/05/2022 ás 21:07h
Campos Gerais 18/05/2022 ás 20:47h
Campos Gerais 18/05/2022 ás 20:43h
Ponta Grossa 18/05/2022 ás 20:14h
Publicidade
Vamos Ler 18/05/2022 ás 20:05h
Vamos Ler 18/05/2022 ás 19:47h
Ponta Grossa 18/05/2022 ás 19:08h
Campos Gerais 18/05/2022 ás 18:38h
Ver Mais
PUBLICIDADE

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 18/05/2022 ás 17:45h

Startup Day em PG movimenta o ecossistema de inovação

Ponta Grossa 18/05/2022 ás 17:37h
Ponta Grossa 18/05/2022 ás 16:42h
PUBLICIDADE
Ponta Grossa 18/05/2022 ás 16:31h
Ponta Grossa 18/05/2022 ás 15:45h
Ponta Grossa 18/05/2022 ás 14:59h
PUBLICIDADE

COTIDIANO

Cotidiano | 18/05/2022 ás 18:28h

Santas Casas fazem protesto na Esplanada dos Ministérios

Cotidiano 18/05/2022 ás 18:21h
Cotidiano 18/05/2022 ás 14:55h
PUBLICIDADE
Cotidiano 18/05/2022 ás 14:28h
Cotidiano 18/05/2022 ás 14:25h
Cotidiano 18/05/2022 ás 14:01h
PUBLICIDADE

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 18/05/2022 ás 16:38h

Prefeito Douglas reduz valor das próprias diárias em Ipiranga

Campos Gerais 18/05/2022 ás 15:57h
Campos Gerais 18/05/2022 ás 09:20h
PUBLICIDADE
Campos Gerais 17/05/2022 ás 19:40h
Campos Gerais 17/05/2022 ás 19:36h
Campos Gerais 17/05/2022 ás 19:32h
PUBLICIDADE

MIX

Mix | 18/05/2022 ás 17:46h

Crônicas dos Campos Gerais: Papai Noel HM

Mix 18/05/2022 ás 14:21h
Mix 18/05/2022 ás 11:48h
PUBLICIDADE
Mix 18/05/2022 ás 11:01h
Mix 18/05/2022 ás 06:30h
Mix 17/05/2022 ás 12:16h
PUBLICIDADE

ESPORTE

Esporte | 17/05/2022 ás 13:33h

Arbitragem em Atletismo segue com inscrições abertas

Esporte 15/05/2022 ás 14:26h
Esporte 14/05/2022 ás 22:46h
PUBLICIDADE
Esporte 14/05/2022 ás 16:20h
Esporte 13/05/2022 ás 20:56h
Esporte 12/05/2022 ás 16:42h
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

VAMOS LER

Vamos Ler | 18/05/2022 ás 20:05h

Ação ambiental em Jaguariaíva é destaque no Vamos Ler

PUBLICIDADE

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 18/05/2022 ás 18:00h

Confira seu horóscopo desta quinta-feira (19/05)

EMPREGOS

Empregos | 18/05/2022 ás 17:14h

Confira as vagas de emprego desta quinta-feira (19/05)

PUBLICIDADE

MAIS LIDAS

Ponta Grossa | 19/05/2022 ás 08:12h

Homem é flagrado com tampa de bueiro em bairro de PG

Mix 19/05/2022 ás 06:30h
Campos Gerais 18/05/2022 ás 22:55h
Cotidiano 18/05/2022 ás 22:30h
Campos Gerais 18/05/2022 ás 21:07h
PUBLICIDADE