PUBLICIDADE

Copel consolida R$ 1,64 bilhão em investimentos no Paraná

A Copel está concluindo, em 2022, a execução do maior plano de investimentos em distribuição de energia de sua história até agora

Programa da Copel Paraná Trifásico, de construção de novas redes para fortalecer o sistema de distribuição de energia nas áreas rurais
Programa da Copel Paraná Trifásico, de construção de novas redes para fortalecer o sistema de distribuição de energia nas áreas rurais -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Copel está concluindo, em 2022, a execução do maior plano de investimentos em distribuição de energia de sua história até agora. O montante, de R$ 1,634 bilhão, beneficia toda as regiões do Paraná com obras que ampliam e modernizam a rede elétrica. Os programas Paraná Trifásico e Rede Elétrica Inteligante, e as novas subestações são os principais destaques de um esforço contínuo da companhia para fazer do Paraná um dos estados mais avançados do Brasil em relação à qualidade do fornecimento de energia.

“Ao longo dos últimos anos, nós ampliamos os investimentos da Copel em distribuição de energia no Paraná”, ressalta o presidente da Copel, Daniel Slaviero. Ele explica que os principais programas combinam planejamento e inteligência para proporcionar soluções que aumentam a confiabilidade da rede, incorporam inteligência artificial ao seu funcionamento e dão aos consumidores maior gerenciamento sobre seu consumo de energia.

“Na prática, estamos trabalhando para gerar conforto e qualidade de vida à população, e garantir infraestrutura de qualidade para o desenvolvimento do Estado", afirma.

Grande parte dos investimentos foi destinada ao Paraná Trifásico, programa que está modernizando a rede rural paranaense. Até agora foram construídos 10.386 quilômetros de novas redes trifaseadas que chegam a 308 municípios. Ao todo, a Copel vai investir R$ 3,1 bilhões para construir 25 mil quilômetros de redes trifásicas que substituem as antigas redes rurais monofásicas, aumentam a qualidade do fornecimento de energia e garantem acesso mais barato à rede para os consumidores rurais. Até agora mais de R$ 1 bilhão já foi destinado às obras (R$ 400 milhões somente em 2022).

Todas as regiões do Estado já foram beneficiadas pelo Paraná Trifásico. A Região Centro-Sul concentra a maior parte das redes construídas: 2.295 quilômetros entregues até agora. Em seguida vem o Oeste, que já recebeu 1.832 quilômetros de novas redes. No Noroeste a Copel concluiu 1.755 quilômetros. Na Região Leste, 1.743 quilômetros. No Norte a nova estrutura totaliza 1.526 quilômetros. Por sua vez, a Região Sudoeste, possui 1.235 quilômetros de redes do programa.

Com o Paraná Trifásico, toda a espinha dorsal da rede de distribuição no campo está sendo trifaseada, substituindo a tecnologia monofásica existente. Além de garantir energia de mais qualidade e com maior segurança, o programa proporciona o acesso do produtor rural à rede trifásica a um custo muito inferior ao que hoje é pago.

As novas linhas têm conexões inteligentes com a central de monitoramento da rede, chamados de religadores automáticos. Esses equipamentos têm capacidade para identificar problemas e religar a energia sem precisar de interferência humana. Os novos cabos contam com capa protetora isolante e nível de resistência reforçada quando atingidos por galhos de árvores ou outros objetos.

Culturas que dependem da energia elétrica intensiva para a sua produção já estão sendo beneficiadas, entre elas leite e derivados, suinocultura, avicultura, piscicultura e fumo, além de atividades como os poços artesianos.

Rede elétrica inteligente

Paralelamente, uma parcela relevante dos investimentos aplicados em 2022 foi destinada ao Rede Elétrica Inteligente, maior programa de smart grid do Brasil. A iniciativa potencializa a automação da rede elétrica e a coloca a serviço da população ao substituir medidores analógicos por aparelhos digitais e inteligentes.

Até agora, foram substituídos 435 mil medidores em 73 municípios. Na primeira etapa do programa estão sendo investidos R$ 820 milhões, para levar a nova tecnologia para 4,5 milhões de paranaenses, em unidades residenciais e empresas urbanas e rurais.

Os novos equipamentos se comunicam diretamente com a central de operação da Copel. A tecnologia reduz o tempo de desligamento provocado por intempéries e outros fatores externos ao sistema. Além disso, torna possível a leitura de consumo à distância e permite que o cliente tenha autonomia para monitorar seu consumo de energia em tempo real, entre outros benefícios. Com o Rede Elétrica Inteligente, a leitura do consumo será online, e os clientes poderão acompanhá-la no telefone celular, em tempo real, por meio do aplicativo da Copel. 

Novas Subtestações

Em 2022, a Copel destinou R$ 437 milhões para a construção de novas subestações. O montante foi dividido entre 19 unidades. Parte delas já entrou em operação, como a SE Bela Vista (138kV), que foi construída em Pato Branco, no Sudoeste, e recebeu R$ 24 milhões em investimentos.

Outras três subestações, que operam em 34,5kV, foram adicionadas à rede elétrica, em Mandirituba, na RMC, em Salto do Itararé, na região Norte, e em Sapopema, no Centro-sul do Paraná. As novas unidades somam quase R$ 16 milhões investidos, aumentam a confiabilidade do sistema e contribuem para a redução de desligamentos e oscilações de energia. Em Prudentópolis, também no Centro-Sul, a companhia concluiu, em outubro, a construção da subestação Jaciaba, cujas obras totalizaram R$ 5 milhões.

Os investimentos em novas subestações, que aumentam a qualidade do fornecimento de energia a diferentes regiões, também incluem a SE Vila Gaúcha, que opera em 138kV e fica em Marechal Cândido Rondon, e a EC Boa Vista da Aparecida, que opera em 34,5kV e se situa na cidade de mesmo nome. Ao todo, a Copel investiu cerca de R$ 40 milhões na construção dessas duas subestações, sendo R$ 7 milhões em duas grandes linhas de transmissão para atender a demanda de crescimento da região.

As informações são da AEN

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE