PUBLICIDADE

Paraná registra mais de 90 prisões por crimes eleitorais

Balanço mais recente aponta que o estado foi o segundo que mais registrou prisões no país

Segundo a última atualização do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR), divulgado às 16h, o Paraná já registrou três casos de compra de voto
Segundo a última atualização do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR), divulgado às 16h, o Paraná já registrou três casos de compra de voto -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O Paraná é o segundo estado que mais registrou casos de prisão em flagrante por crime eleitoral neste domingo (2). De acordo com o Balanço da Operação Eleições 2022, divulgado às 17h pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, o estado teve 91 ocorrências ao todo. O estado de Goiás também teve o mesmo número de prisões. Em primeiro lugar está o Estado de Minas Gerais, com 97 registros.

Segundo a última atualização do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR), divulgado às 16h, o Paraná já registrou três casos de compra de voto, 28 ocorrências de boca de urna e 48 casos de propaganda irregular. A ação conjunta das forças de Segurança Pública do Paraná durante o primeiro turno das eleições deste domingo (02), é acompanhada, em tempo real, a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), em Curitiba.

Com informações da Agência Brasil

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE