PUBLICIDADE

Empresa é multada após obrigar vendedores a dançar 'boquinha da garrafa'

Medida aconteceu após funcionários não baterem metas de vendas

Um vendedor tirou foto de um aviso colado na porta da sala de reunião da loja
Um vendedor tirou foto de um aviso colado na porta da sala de reunião da loja -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Uma empresa de telefonia vai pagar cerca de R$ 150 mil em danos morais para 22 vendedores que foram obrigados a dançar a música "Conga La Conga", da cantora Gretchen, "Boquinha da Garrafa", do grupo de axé É o Tchan, entre outras, por não baterem metas de vendas. A empresa pode recorrer da decisão.

Um vendedor tirou foto de um aviso colado na porta da sala de reunião da loja, que fica em Goiânia, comunicando que a prenda do dia era imitar a cantora Gretchen.

Um vendedor tirou foto de um aviso colado na porta da sala de reunião da loja
Um vendedor tirou foto de um aviso colado na porta da sala de reunião da loja |  Foto: Divulgação
  

"Prezados colaboradores, quem não realizar imput de venda hoje terá que pagar prenda na sala de reunião. Prenda do dia: imitar a Gretchen. O líder do vendedor deverá acompanhá-lo", dizia o aviso.

As ações dos 22 ex-vendedores foram movidas pelos advogados Danielle Zago e Alessandro Garibaldi no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). As primeiras decisões saíram em outubro de 2021, a empresa recorreu, mas acórdãos de desembargadores mantiveram as sentenças, em maio deste ano.

"Todo dia era uma prenda diferente para quem não batesse meta. Tinha prenda de imitar macaco, dançar na boquinha da garrafa, pagar polichinelo. Da Gretchen era dançar a música 'Conga la Conga'", comentou a advogada.

Informações do G1

Conteúdo de marca

Quero divulgar right