Apresentação alerta para o Maio Laranja em Reserva | aRede
PUBLICIDADE

Apresentação alerta para o Maio Laranja em Reserva

Projeto contra o abuso e exploração sexual de crianças foi tema de um amplo e importante trabalho no 5º ano B da Escola Evangelina Bittencourt dos Santos

Campanha é de extrema importância e teve destaque na turma
Campanha é de extrema importância e teve destaque na turma -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O 5º ano B da Escola Municipal Evangelina Bittencourt dos Santos, em Reserva, da professora Marinéia Domareski, desenvolve um trabalho, desde o início do mês, referente à prevenção do abuso sexual infantil, marcado pelo Maio Laranja. A docente relata que a turma participou ativamente da iniciativa, contando com diversas atividades.

“Durante as aulas, os alunos criaram cartazes, desenhos e redações sobre a importância da prevenção do abuso sexual infantil. Esses trabalhos foram criativos e mostraram o quanto os mesmos estão engajados nessa causa tão importante”, aponta a educadora.

Marinéia explica que as atividades seguiram com uma apresentação musical, preparada “com muito cuidado e carinho por eles” e pela professora, apresentada à comunidade escolar. Este momento foi uma forma lúdica e criativa de abordagem do tema do abuso sexual, mostrando a todos que é possível prevenir esse tipo de violência, conforme destaca a docente.

GALERIA DE FOTOS

  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  • Educandos puderam entender importância da temática abordada
    Educandos puderam entender importância da temática abordada
  

“Também, foram realizadas palestras com profissionais capacitados: promotora, assistente social e educadores, que abordaram o tema de forma clara e objetiva, respeitando a idade e o nível de compreensão dos alunos. As palestras foram realizadas na quadra da escola, com a participação dos alunos, que tiveram um espaço para perguntas e dúvidas”, complementa a educadora.

Fechando, Marinéia resume que a turma aprendeu a identificar situações de risco, busca de ajuda caso necessitem, sendo um projeto de importância, iniciativa da escola, para o combate ao grave problema. “Todo o conjunto escolar teve a oportunidade de aprender mais sobre a prevenção do abuso sexual infantil e refletir sobre a importância de proteger as crianças”, conclui a professora.

Pedagoga destaca ações

Quem também falou sobre as ações do Maio Laranja foi a coordenadora Simone Vieira do Santos, que cita que a turma e a professora desenvolveram trabalhos sobre a importância da prevenção e combate ao abuso e exploração sexual infantil. Ainda, elenca que houve trabalho com diversas atividades: cartazes, poemas, produção de texto e desenhos.

“E, ainda, os alunos fizeram uma apresentação musical sobre o projeto, que ainda contou com a palestra da promotora de Justiça e assistência social. Também prestigiaram a apresentação a secretária Municipal de Educação, professora Ruth Eliane Faustin, e a coordenadora Maria Raquel Machado Ribeiro”, aponta a pedagoga.

Acesse o blog escolar da Escola Evangelina Bittencourt dos Santos clicando aqui.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE