Práticas pertinentes à infância engajam alunos de PG

Quinto ano A da Escola Professora Zilá Bernadete Bach contextualizou ações de combate ao trabalho infantil com rotinas saudáveis para as crianças

Alunos protagonizaram diversas ações em sala de aula
Alunos protagonizaram diversas ações em sala de aula -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Quinto ano A da Escola Professora Zilá Bernadete Bach contextualizou ações de combate ao trabalho infantil com rotinas saudáveis para as crianças

O 5º ano A da Escola Municipal Professora Zilá Bernadete Bach de Ponta Grossa, sob coordenação da professora Débora Alves Pereira, aprenderam que ‘trabalho infantil não é brincadeira’ em dinâmica realizada no dia 20 de junho. A docente destaca os principais pontos do trabalho, como citar que algumas tarefas pontuais e sem riscos podem ser realizados.

Neste contexto, lavar a louça ou arrumar a cama vão contra o conceito de trabalho infantil, sendo importantes na formação de valores humanos, como união e responsabilidade, explica a educadora. Outro ponto foi que os alunos puderam ver que ações governamentais estão sendo feitas para acabar com esse problema. No ínterim dos estudos, Débora passou um vídeo abordando o tema e, na sequência, os alunos puderam comentar sobre o que assistiram e relacionaram ao seu dia a dia, elencando as tarefas que fazem em seus lares.

“Após registro no caderno dessas tarefas, os alunos foram reunidos em grupos para montarem um quebra-cabeça de uma imagem de crianças em situação de trabalho infantil. Quando terminaram, um membro de cada grupo falou para a turma sobre a atividade e a razão de ser considerada trabalho infantil. Como conclusão foi realizado um cartaz coletivo que foi colocado no saguão para ser divulgado aos outros alunos da escola”, conclui a professora.

Acesse o blog escolar da Escola Professora Zilá BernadeteBach clicando aqui.