Gênero textual receita cria 'confeiteiros mirins' em PG

Desenvolvimento de habilidades e trabalho dentro da disciplina de Língua Portuguesa engajaram alunos do 5º ano B da Escola Professora Glacy Camargo Sêcco

Saborosa aula contribuiu em vários aspectos junto aos alunos
Saborosa aula contribuiu em vários aspectos junto aos alunos -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Desenvolvimento de habilidades e trabalho dentro da disciplina de Língua Portuguesa engajaram alunos do 5º ano B da Escola Professora Glacy Camargo Sêcco

O projeto ‘Saberes e Sabores’ foi desenvolvido no 5º ano B da Escola Municipal Professora Glacy Camargo Sêcco, em Ponta Grossa, sob coordenação da professora Edicléia Batista dos Santos, com objetivo de enfatizar o gênero textual receita e proporcionar um aprendizado didático para que eles se tornassem verdadeiros confeiteiros.

“Iniciou-se a aula com a explicação sobre o gênero textual receita, passando passo-a-passo ingredientes e modo de preparo, para que os alunos pudessem se inteirar do que realmente se trata uma receita. Após a escrita e explicação, os alunos começaram a sua própria criação gastronômica: iniciaram separando os ingredientes e, em seguida, começaram a montagem da sua palha italiana, com bolachas e recheios. Todos com muita expectativa e ansiosos para começarem mais um novo trabalho escolar”, destaca a docente.

Segundo a professora, houve o uso da criatividade de cada um para montar seu doce, onde individualmente os alunos desenvolveram habilidade ainda não vividas por eles, além de novas experiências, aumentando sua autonomia e autoconfiança. “Assim, encerramos mais um projeto sabendo que não existe limites quando se trata de aprender”, conclui Edicléia.

Acesse o blog escolar da Escola Professora Glacy Camargo Sêcco clicando aqui