PUBLICIDADE

Projeto de justiça e cidadania engaja alunos de Jaguariaíva

Alunos do 5º ano A da Escola Carlos Carneiro Sampaio puderam, através de materiais e votação em sala de aula, entender importantes conceitos cívicos

Ações em sala de aula movimentaram turma
Ações em sala de aula movimentaram turma -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Alunos do 5º ano A da Escola Carlos Carneiro Sampaio puderam, através de materiais e votação em sala de aula, entender importantes conceitos cívicos

Um projeto voltado à justiça e cidadania foi realizada pelos alunos do 5º ano A da Escola Municipal Carlos Carneiro Sampaio em Jaguariaíva, sob coordenação da professora Maria Aparecida Alves dos Santos. A docente explica como foi o trabalho em sala de aula e a importância de temáticas com cunho cívico para as crianças.

“O projeto teve como apoio o material complementar, sendo cartilha da Justiça e Brasilzinho, onde os alunos realizaram a leitura, explanação dos conteúdos e realização das atividades neles contidas. A turma está saindo do ensino híbrido, realizaram as atividades da mesma forma como os que permaneceram no ensino remoto”, destaca a docente.

A educadora cita que além de leitura, oralidade e atividade nos livros didáticos, os alunos contaram com uma videoaula realizada pelo delegado de Jaguariaíva, de grande importância para que a turma observasse a seriedade do projeto na Educação. Ainda, houve a realização de produções de textos de opinião e debates para trocarem os conhecimentos dos direitos e deveres dos cidadãos.

“E, como forma de reflexão e término do projeto, com os alunos agora todos voltados para o ensino presencial, foi realizada uma votação tendo como participação os componentes da instituição escolar, onde através de um vídeo puderam observar e escolher entre os alunos – não apenas suas características físicas, como também o comportamento, apresentação, pose para a foto, lugar, etc.”, complementa Maria Aparecida.

Para fechar, foi realizada uma votação que contou com urna e voto secreto. O aluno escolhido, explica a professora, recebeu um prêmio para a continuidade de empenho e estímulo nos seus estudos e vida social. “Desta forma, os alunos aprenderam sobre a Constituição Federal do Brasil e os seus Poderes, e que precisamos fazer escolhas na vida. E, independente da escolha, elas devem ser conscientes e dirigidas para melhorias. Essas escolhas devem ser respeitadas, pois a maioria do povo é quem escolhe o melhor”, conclui a docente.

Acesse o blog escolar da Escola Carlos Carneiro Sampaio clicando aqui.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE