PUBLICIDADE

Teste na UEPG avalia futuros alunos de Música e Artes

Candidatos aos cursos de Licenciatura em Música e Artes Visuais realizaram o Teste de Habilidades Específicas

No total, 84 pessoas participaram do processo seletivo dos dois cursos
No total, 84 pessoas participaram do processo seletivo dos dois cursos -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Clima de arte em meio à concentração. Foi assim que a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) encerrou, oficialmente, suas provas do Vestibular, nesta terça-feira (13). Candidatos aos cursos de Licenciatura em Música e Artes Visuais realizaram o Teste de Habilidades Específicas, que avalia a capacidade e conhecimentos prévios nas áreas, como requisito obrigatório. No total, 84 pessoas participaram do processo seletivo dos dois cursos.

Ao lado da sala de avaliação, Stefany Maria Santos tocava piano. Os dedos estavam familiarizados com as teclas, já que a candidata toca teclado há pouco mais de cinco anos. O dia do THE seria o início de um sonho em estudar Licenciatura em Música na UEPG. “Se Deus quiser, vou passar. Sempre quis fazer Música, desde que comecei a tocar, e sempre quis fazer licenciatura, porque gosto da área”, disse sorrindo, após sair da prova prática. Stefany começou na música como muitos – na igreja. “Aprendi a tocar piano na paróquia que frequento. Comecei minha trajetória na igreja e agora quero me profissionalizar na Universidade”.

Imagem ilustrativa da imagem Teste na UEPG avalia futuros alunos de Música e Artes
  

O THE de Música tem duas fases: avaliação escrita sobre percepção e teoria musical; e avaliação prática, com apresentação de uma peça de livre escolha, leitura musical à primeira vista e uma leitura cantada, chamada de solfejo. “Eu até tive um pouco de dificuldade, por conta do nervosismo, mas acredito que me dei bem, ano passado eu fiz Vestibular e passei, mas era só pra treino, agora é pra valer”. A candidata já tem planos para o futuro, caso seja aprovada. “Meu sonho sempre foi ser professora de Música, mas também pretendo ser regente de orquestra”, completa.

Nos últimos anos, o THE de Música teve atualizações no formato da avaliação, conforme explica o professor Egon Eduardo Sebben. “Inserimos conteúdos da vivência musical cotidiana dos candidatos, para ampliar o público interessado em prestar o Vestibular”. Na prova teórica musical, é dado ênfase aos conteúdos de percepção musical, com elementos formais do som e da música, gêneros musicais eruditos e populares e percepção de estruturas musicais básicas.

Quando ficou sabendo sobre a estrutura do THE de Música, Ana Carolina Sobrinho separou alguns meses para se dedicar a entender a proposta. “Antes de me inscrever para o Vestibular de Música, eu não sabia ler partitura, então tive que aprender, ler, ver como era”. A candidata é amante da música desde sempre. “Sou autodidata, aprendi a tocar violão de ouvido, por isso a minha vontade de entrar na graduação, para me tornar mais profissional”, explica.

Imagem ilustrativa da imagem Teste na UEPG avalia futuros alunos de Música e Artes
  

Ao contrário de Ana, Gerson Felipe Sonego estava familiarizado com a avaliação. Ele tenta, pela segunda vez, o ingresso no curso. “Dessa vez, achei a prova bem abrangente, tanto para pessoas com conhecimento não tão tradicional, quanto as que têm conhecimento popular. Eu venho de um viés bem tradicional, então a parte teórica foi bem tranquila”, relata. O candidato escolheu a guitarra como instrumento para apresentar sua peça. “Foquei estudar mais a parte prática e acabei tendo um pouco de dificuldade, mas é pouco mais pelo meu instrumento”. A vida de Gerson sempre foi recheada de música – ele toca violão e trompete desde os seis anos. “Espero que dessa vez eu passe e consiga entrar no curso, estou bem confiante”.

Para o professor Egon, o THE de Música apresentou resultados satisfatórios. “Foi possível conhecer os candidatos que futuramente serão acadêmicos da UEPG e ter um panorama geral de seus conhecimentos musicais”, avalia. A prova prática de 2022 é a primeira em que permite aos candidatos apresentar peças empregando registros em cifras. “No momento da avaliação prática, procuramos considerar como o candidato se relaciona com a música, sua capacidade de manipular de forma consciente o som e compreender aspectos musicais, como a leitura, escuta e execução”. Segundo Egon, a próxima turma de Licenciatura em Música é promissora. “Todos terão condições de se desenvolver como músicos e professores de música, atendendo não apenas as atividades de ensino, mas também os projetos de pesquisa e extensão desenvolvidos pelo curso”, completa.

Imagem ilustrativa da imagem Teste na UEPG avalia futuros alunos de Música e Artes
  

Mão na massa

No curso de Licenciatura em Artes Visuais, os candidatos precisaram mostrar suas habilidades em desenho e conhecimentos teóricos. Foram duas salas para as provas, onde os participantes receberam duas propostas de produção artística: duas questões que abordam desenho de observação e desenho de criação e memória. Para a parte prática, os candidatos precisaram interpretar e colocar no papel a figura de dois cotonetes, objetos para a criação, conta a professora Adriana Suarez. “A avaliação consta em analisar primeiramente se o candidato fez a interpretação correta do enunciado e, outra parte é o uso de grafite, uso de cores, proporção, equilíbrio, luz e sombra, ocupação de espaço, composição e criatividade”.

A expectativa da banca para os próximos alunos é a melhor possível, segundo Adriana. “Sempre existem produções artísticas que surpreendem pelas características apresentadas e a banca tem a preocupação de atender aos quesitos avaliativos, para que sejam bem analisados”. A futura turma tem características únicas, segundo ela. “Juntos, trabalharemos tanto no contexto artístico da teoria e prática, quanto no contexto didático pedagógico”. Adriana ainda deixa um recado aos que não passarem no THE de 2022. “Aprimorem seus conhecimentos de desenho de observação, memória e criação, em técnicas e composição. E prestem atenção no enunciado, para ano que vem garantirem a classificação”, completa.

O resultado do Vestibular 2022 está previsto para ser divulgado em até 22 de dezembro, nas redes sociais e em cps.uepg.br.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE