Fotos na web mostram o Jardim Zoológico de PG

Imagens da antiga Praça dos Bichos, em Nova Rússia, mostram onça, leão e aves

Imagem ilustrativa da imagem Fotos na web mostram o Jardim Zoológico de PG
-

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Imagens em redes sociais e em grupos de WhatsApp remontam o período de Ponta Grossa, em que um dos principais pontos de turismo da cidade era o Jardim Zoológico, em Nova Rússia. As fotos, sem autoria revelada, mostram leão, onça e vários pássaros. Datas também não são especificadas.

O internauta Paulo César de Lima, em um post na página “PG é assim”, reafirmou a importância deste espaço para a sociedade. “Nos anos 60 até o ano 79 eu ia lá. Tinha hipopótamo, Irará, muita tartaruga, pavão, arara de todas as cores, papagaios; tinha o parquinho com balaços, gangorras, escorregador, e muitas brincadeiras. Tirando o sofrimento dos leões e das onças, foi a melhor praça de Ponta Grossa. Depois acabaram com tudo. Até a cuia de chimarrão tá quebrada. Que pena ter pessoas que não cuidam da história da Cidade”, ressalta.

Imagem ilustrativa da imagem Fotos na web mostram o Jardim Zoológico de PG
 

Em pesquisa realizada na internet, jornalistas do Portal aRede e do JM encontraram outras informações sobre a praça numa produção acadêmica realizada por Joel Zubek da Rosa com a orientação de Maria Aparecida de Oliveira Hinsching. No artigo com o título “Praça Getúlio Vargas – Importante Espaço Público De Convívio Social Em Ponta Grossa-PR”, ele cita que “os significativos desenvolvimentos das atividades comerciais e o destaque na localização do bairro de Nova Rússia, aliados as necessidades da criação de um espaço para o desenvolvimento educacional e cultural por parte dos cidadãos Ponta-grossenses, foram decisivos para a implantação do Jardim Zoológico e Botânico municipal na praça”.

Imagem ilustrativa da imagem Fotos na web mostram o Jardim Zoológico de PG
  

Segundo Zubek da Rosa, “a implantação desse jardim zoológico e botânico em 1956 originou alterações nas estruturas físicas da Praça Bernardes Garces, com a colocação de jaulas para abrigar os animais, implantação de diversas espécies vegetais e construções físicas de acessibilidade. Como um ponto de ônibus, um dos mais antigos da cidade que foi construído em um estilo arquitetônico diferenciado dos outros, que atualmente passa por problemas de conservação. Os monumentos como um Busto do Presidente Getúlio Vargas com a “Carta Testamento do Presidente de 24 de agosto de 1954” e uma cuia de chimarrão em homenagem ao presidente Vargas”.

  "Com a colocação de jaulas para abrigar os animais, implantação de diversas espécies vegetais e construções físicas de acessibilidade"

Zubek da Rosa Acadêmico
 

Na década de 1970, com aumento das atividades urbanas e exigências sanitárias, o jardim zoológico foi desativado e parte de seus animais foram transferidos para unidades em Curitiba e alguns foram soltos no Parque Estadual de Vila Velha. “Essa mudança na função do espaço ocasionou alterações nas estruturas físicas e nas atividades socioculturais. Foram introduzidas atividades esportivas, com a instalação do ginásio de esportes Zucão, e área de recreação com parquinho para as crianças e uma quantidade significava de árvores que realçaram qualidade ambiental e o uso da praça. Atualmente a Praça Getúlio Vargas está proporcionando espaço de convivência com a Fundação do Idoso, onde dispõem de estruturas de atendimento social ao idoso, piscina, salão de festas, biblioteca, espaço de jogos, academia para os idosos, além da Unidade de saúde existente desde a década de 50, e que atualmente atende pessoas da terceira idade”, assinala Joel Zubek da Rosa.

Imagem ilustrativa da imagem Fotos na web mostram o Jardim Zoológico de PG
 

Conteúdo de marca

Quero divulgar right