Moradores de Olarias serão atendidos na Vila Princesa

Atendimento para população de Olarias na Unidade Madre Josefa inicia nesta quinta-feira

Mudança de atendimento entre as unidades vai significar a necessidade de deslocamento de quase três quilômetros para os usuários.
Mudança de atendimento entre as unidades vai significar a necessidade de deslocamento de quase três quilômetros para os usuários. -

Patricia Lucini

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Atendimento para população de Olarias na Unidade Madre Josefa inicia nesta quinta-feira 

Com o fechamento da Unidade Básica de Saúde (UBS) Sady Silveira, que está sendo reformada para servir como Centro de Atendimento da Criança, a orientação da prefeitura para os moradores da região de Olarias que precisam de atendimento é que procurem a Unidade de Saúde Madre Josefa, na rua Bituruna ao lado da Escola Municipal Professora Kazuko Inoue, na Vila Princesa, em Uvaranas, a partir desta quinta-feira (12). Segundo levantamento feito pelo Portal A Rede, a mudança de atendimento entre as unidades vai significar a necessidade de deslocamento de quase três quilômetros para os usuários que até então eram atendidos na unidade Sady Silveira.

Conforme a prefeitura, inicialmente a equipe de Saúde da Família do Sady Silveira foi realocada na US Madre Josefa devido à proximidade da área de abrangência. No entanto, já está tramitando processo de locação de um imóvel para sediar temporariamente os atendimentos aos moradores do bairro de Olarias. A prefeitura informa ainda que um novo local de atendimento está sendo preparado e será anunciado o mais breve possível aos moradores de Olarias.

Protesto

Na segunda-feira (9), os moradores da região de Olarias, se reuniram em frente à Unidade Básica de Saúde (UBS) Sady Silveira, para protestar contra o fechamento do local, inaugurado há um ano. A unidade está sendo reformada para servir como Centro de Atendimento da Criança, integrado com as UPAS e com o Hospital Materno Infantil.

A mudança faz parte de medidas anunciadas na semana passada na tentativa de resolver os problemas da saúde pública de Ponta Grossa e será transformada em Centro de Atendimento da Criança. A unidade deve funcionar todos os dias para atendimento exclusivo das crianças com recursos próprios do município.

Mudanças repercutem na Câmara

Durante a sessão ordinária na Câmara de Vereadores de Ponta Grossa, nesta quarta-feira (11), diversos vereadores se manifestaram, fazendo um apelo contra o fechamento da unidade Sady Silveira. “Já perdemos a unidade. As equipes da prefeitura já estão lá, quebrando e reformando. O problema é que a população de Olarias ainda não sabe onde terá atendimento; par aonde vai”, destaca Ede Pimentel (PSB).

A vereadora Joce Canto (PSC), por sua vez, ressaltou que a implantação da unidade Sady Silveira, em 2021, foi fruto de muita reivindicação da população. Durante a sessão, os vereadores aprovaram moção de apelo 202/22, de autoria do vereador Julio Kuller (MDB), dirigida à prefeita Elizabeth Silveira Schmidt, para que não paralise o atendimento da Unidade Básica de Saúde Sady Silveira à população e pela não utilização da unidade em Pronto Atendimento Infantil, buscando outra alternativa. “São cerca de 12 mil pessoas que residem na região e ficaram anos sem uma unidade de saúde. E, agora que conseguiram, foi retirado deles”, frisa.

Reunião entre Executivo e Legislativo

Para debater questões referente à reestruturação do sistema de saúde de Ponta Grossa, a prefeita Elizabeth Schmidt convidou os vereadores de Ponta Grossa para participar de uma reunião na manhã de sexta-feira (13), em seu gabinete.