PUBLICIDADE

Operário encara o Grêmio para fazer história na Série B

Fantasma encara o Grêmio em busca de primeiro resultado positivo na história do confronto; vitória em Porto Alegre pode representar salto na tabela da Série B

Jean Carlo (foto) pode ser uma das novidades no time titular
Jean Carlo (foto) pode ser uma das novidades no time titular -

Sebastião Neto

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Depois de se reencontrar com os trilhos da vitória, o Operário Ferroviário busca fazer história nesta terça-feira (9). A equipe de Vila Oficinas já está em Porto Alegre para encarar o Grêmio, na Arena, a partir das 19 horas; a partida é válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e pode representar um alívio ainda maior na fuga do Fantasma contra o rebaixamento na segunda divisão nacional.

O time do técnico Matheus Costa não teve muito tempo para curtir da vitória de sexta-feira (5) contra o Náutico e se preparar para o duelo de logo mais: o elenco treinou no domingo (7), em Ponta Grossa, e na sequência seguiu para Porto Alegre, onde realizou a última atividade antes do confronto contra o Tricolor nessa segunda-feira (8). 

“A gente espera fazer um bom jogo, colocar nossas ideias em prática e trazer um bom resultado”, resumiu o zagueiro Thales, em entrevista aos canais oficiais do Fantasma logo após a chegada na capital gaúcha. O defensor, inclusive, terá um novo parceiro na dupla de zaga nesta terça: isso porque William Machado, que saiu lesionado no duelo contra os pernambucanos, realizou exames e teve confirmada ruptura do ligamento colateral medial do joelho esquerdo.

Já no ataque, a dúvida é se o Operário manterá o trio ofensivo com Paulo Vitor, Felipe Garcia e Getterson ou promoverá o retorno de Paulo Sérgio, que sequer foi relacionado no jogo de sábado; outra possibilidade é dar mais uma oportunidade ao ‘iluminado’ Kalil e a Jean Carlo, recuperado de lesão no joelho.

QUEBRA DE JEJUNS

Se no jogo do último final de semana o Operário quebrou uma sequência de seis partidas sem vitória, o duelo desta terça pode, de uma vez só, colocar fim a dois tabus do Fantasma: o primeiro é de nunca ter vencido ou sequer empatado com o Grêmio nos três duelos entre as equipes na história, sendo dois deles pelo Sul-Brasileiro de 1962 e o último já pela Série B deste ano, quando os gaúchos derrotaram o alvinegro em pleno Germano Krüger.

Outra marca negativa é que o Fantasma está há dois meses sem conquistar uma vitória longe de Ponta Grossa: o último resultado positivo fora de casa foi contra o Guarani, no dia 6 de junho, quando o Operário derrotou a equipe de Campinas por 3 a 0.

FUGA DA ZR

Os ponta-grossenses iniciam a 23ª rodada da Série B na 15ª colocação, com 24 pontos, quatro pontos acima do CSA, que abre a zona de rebaixamento no 17º lugar; ou seja, mesmo que o Operário seja derrotado pelo time do técnico Roger Machado não entrará na área de descenso do Brasileiro. Por outro lado, se vencer, o alvinegro de Vila Oficinas pode subir, dependendo de uma combinação de resultados, para o 11º lugar.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right