PUBLICIDADE

Sicredi Campos Gerais projeta distribuir R$ 35 mi a associados

Até o final do processo assemblear referente a 2022, cooperativa pretende distribuir cerca de R$ 15 milhões do seu resultado aos associados

Cooperativa pretende distribuir cerca de R$ 15 milhões até o final das assembleias
Cooperativa pretende distribuir cerca de R$ 15 milhões até o final das assembleias -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Sicredi Campos Gerais e Grande Curitiba PR/SP iniciou a distribuição dos resultados da cooperativa referente a 2022 com o pagamento de juros ao capital social. O valor foi creditado na conta capital dos associados entre os dias 20 e 22 de dezembro, referente a 100% da taxa Selic acumulada dos últimos 12 meses, perfazendo 12,20%.

Os valores destinados aos associados nessa ação totalizam mais de R$ 20 milhões e são parte da distribuição de resultados da cooperativa. Esse pagamento é um dos diferenciais competitivos do Sicredi em relação ao sistema bancário tradicional. 

No Sicredi, parte do patrimônio é formado pelo capital dos sócios investido na cooperativa, o chamado Capital Social, e é sobre esse valor que os associados receberam os juros. O extrato da conta capital pode ser acessado no aplicativo, internet banking, na agência ou direto com o seu gerente de conta através do WhatsApp oficial do Sicredi 51 3358-4770.

A cooperativa ainda vai distribuir, depois de aprovado em todo processo assemblear, que está previsto para encerrar em março de 2023, cerca de 15 milhões do seu resultado. Todos os associados receberão uma parte referente a sua participação, de forma proporcional ao uso de produtos e serviços na cooperativa durante o ano de 2022.

“Para a Sicredi Campos Gerais e Grande Curitiba PR/SP a geração e a consequente distribuição de resultados ratificam a transparência na gestão e demonstra a confiança dos associados em nossa cooperativa. Ano após ano temos crescido de forma sustentável, quebrando recordes, sempre oferecendo soluções financeiras com taxas justas”, afirma Marcio Zwierewicz, diretor executivo da cooperativa.

A participação da cooperativa nas iniciativas sociais das comunidades onde atua superará R$ 8 milhões. Estão inseridos nesse montante o programa de educação financeira, apoio a eventos, patrocínios e investimento no desenvolvimento dos associados e colaboradores, podemos destacar ainda o fundo social que atendeu 78 projetos semente neste ano.

A cooperativa, que atua em dezesseis municípios nas regiões dos Campos Gerais, Grande Curitiba e Vale do Ribeira (SP), finaliza o ano de 2022 com 40 agências, 10 anos de atuação na capital paranaense e sendo a maior rede financeira em número de agências na sua cidade-sede – Ponta Grossa.

“Cumprir o objetivo de encerrar o ano com 40 agências em nossa área de atuação reafirma o nosso compromisso com a comunidade, pois além de deixar o associado escolher como e onde quer ser atendido, ainda geramos emprego, renda e desenvolvimento nas regiões onde atuamos”, aponta o sr. Popke Ferdinand van der Vinne, presidente da cooperativa. 

As datas do processo assemblear para 2023 já estão definidas, com a primeira agendada para o dia 23 de janeiro em Curiúva, e a grande Assembleia Geral Ordinária (AGO), marcada para para 17 de março, na Sede Regional em Ponta Grossa.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE