PUBLICIDADE

Tarcísio e Haddad vão para o 2º turno em São Paulo

Tarcísio recebeu 42,59% do total de votos válidos. Haddad recebeu 35,46% e também vai para o 2º turno

Tarcísio recebeu 42,59% do total de votos válidos. Haddad recebeu 35,46% e também vai para o 2º turno
Tarcísio recebeu 42,59% do total de votos válidos. Haddad recebeu 35,46% e também vai para o 2º turno -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Tarcísio de Freitas (Republicanos) e Fernando Haddad (PT) disputarão o segundo turno para o Governo de São Paulo, no próximo dia 30 de outubro. Os dados foram obtidos às 20h36, com 94,73% das urnas apuradas.

Tarcísio recebeu 9.178.828 votos (42,59% dos votos válidos), contra 35,46% de Fernando Haddad (PT). Já Rodrigo Garcia (PSDB), recebeu 18,40% dos votos válidos e está fora da disputa.

Foi registrado o comparecimento de 25.381.585 eleitores (78,33%) às urnas. O total de votos em branco foi de 529.977 (2,08%), e os votos nulos contabilizaram 897.282 (3,54%). O índice de abstenção foi de 21,67%.

Tarcísio de Freitas (Republicanos)

Tarcísio Gomes de Freitas, 47 anos, é engenheiro e servidor público federal. Natural do Rio de Janeiro (RJ), foi ministro da Infraestrutura do governo Jair Bolsonaro e chefe da seção técnica da Companhia de Engenharia do Brasil durante a Missão das Nações Unidas para a estabilização no Haiti (Minustah). Em 2022, concorre ao governo paulista pela coligação São Paulo Pode Mais (Republicanos/PL/PSD/PTB/PSC/PMN). Seu vice é Felicio Ramuth (PSD).

Fernando Haddad (PT)

Ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, 59 anos, é natural de São Paulo (SP) e concorreu à Presidência da República em 2018. Perdeu a disputa para Jair Bolsonaro (PSL), no segundo turno, conquistando 44,87% dos votos válidos, contra 55,13% do adversário. Formado em Direito, com mestrado em Economia e doutorado em Filosofia pela USP, foi ministro da Educação entre 2005 e 2012, ano em que foi lançado pelo PT à candidatura para prefeito de São Paulo, vencendo o tucano José Serra. Em 2016, não conseguiu ser reeleito ao perder a eleição para João Doria (PSDB). Em 2022, concorre ao governo paulista pela coligação Juntos por São Paulo (Federação Brasil da Esperança/PSB/Federação Psol-Rede/Agir). Sua candidata a vice é Lucia França (PSB).

Informações TSE

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE