PUBLICIDADE

Em obra da UEM, laje desaba e deixa trabalhadores feridos

Segundo a Universidade Estadual de Maringá, houve desabamento da última laje da construção. Vítimas foram encaminhadas para hospitais da cidade, neste sábado (25).

Laje despencou e feriu trabalhadores
Laje despencou e feriu trabalhadores -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Segundo a Universidade Estadual de Maringá, houve desabamento da última laje da construção. Vítimas foram encaminhadas para hospitais da cidade, no sábado (25).

Cinco trabalhadores foram atingidos por uma laje que desabou em uma obra dentro da Universidade Estadual de Maringá (UEM), no norte do Paraná, na manhã deste sábado (25), segundo o Corpo de Bombeiros.

Conforme os bombeiros, o acidente no Bloco Q-07 aconteceu por volta das 9h30. A última vítima foi retirada dos escombros às 12h58.

No local, houve o desabamento da última laje da construção. Segundo os bombeiros, os trabalhadores estavam na parte debaixo da obra quando foram atingidos.

Segundo a UEM, conforme as primeiras informações recebidas, no momento da concretagem da última laje, ainda vazia, as escoras não aguentaram e o conjunto de caixaria e ferragem ruíram.

Devido a complexidade do acidente, várias equipes de emergência foram acionadas para atender a ocorrência. A causa do desabamento será apurada.

A Universidade Estadual de Maringá disse que lamenta profundamente o ocorrido e informou que as vítimas foram socorridas conscientes, estáveis e encaminhadas para hospitais da cidade.

A assessoria da UEM destacou que a universidade acompanha o quadro de saúde dos trabalhadores e está à disposição.

O Bloco Q-07, onde aconteceu o acidente, é local das futuras instalações da Caixa Econômica Federal e da Diretoria de Material e Patrimônio da universidade.

A Caixa informou que o local do acidente não se trata de uma obra do banco e sugere que mais informações seja levantadas com UEM.

O g1 não conseguiu contatar a construtora Mondeo, que fazia a construção no local.

Vítimas

De acordo com o Corpo de Bombeiros, um dos trabalhadores ficou em estado grave e precisou ser intubado. Ele foi levado para a Santa Casa e foi internado na Unidade de Terapia Intensiva.

Outras duas vítimas, uma grave e outra com ferimentos moderados, foram encaminhadas ao Hospital Universitário de Maringá.

Já o quarto trabalhador teve lesões moradas e foi para o Hospital Metropolitano, em Sarandi. O quinto homem ficou levemente ferido e foi levado ao Hospital Bom Samaritano.

Leia em G1

Conteúdo de marca

Quero divulgar right