aRedeShopping aRedeNegócios Jornal da Manhã

Cotidiano

Foto: Agência Brasil

Agência Brasil | Cotidiano | 29/01/2021 as 17:00h

Contas públicas têm déficit de R$ 702,9 bilhões em 2020

Saldo negativo foi devido à crise econômica e a pandemia

As contas públicas fecharam o ano de 2020 com saldo negativo recorde devido à queda na atividade econômica, e consequentemente na arrecadação, e às despesas extraordinárias necessárias para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (covid-19). O setor público consolidado, formado por União, estados e municípios, apresentou déficit primário de R$ 702,950 bilhões no ano passado, o pior resultado da série histórica iniciada em dezembro de 2001, e que representa 9,49% do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país).

Foi o sétimo ano consecutivo de resultados negativos nas contas públicas, com alta de R$ 641,078 bilhões em relação a 2019, quando o déficit primário foi de R$ 61,872 bilhões, o que corresponde a 0,84% do PIB. 

Os dados estão no relatório das Estatísticas Fiscais divulgado hoje (29) pelo Banco Central (BC).

De acordo com o chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, só as despesas federais para combate à pandemia representaram cerca de R$ 524 bilhões dessa diferença interanual. “Para as demais diferenças, tem a piora da própria situação econômica da recessão que abateu o país no ano passado”, explicou.

A meta para 2020 era de déficit primário de R$ 118,9 bilhões. Entretanto, o decreto de calamidade pública em razão da pandemia da covid-19 dispensou o governo de cumprir a meta.


Déficit

O déficit primário representa o resultado negativo das contas do setor público (despesas menos receitas) desconsiderando o pagamento dos juros da dívida pública. O montante difere do resultado divulgado ontem (29) pelo Tesouro Nacional, de déficit de R$ 743,087 bilhões em 2019, porque, além de considerar os governos locais e as estatais, o BC usa uma metodologia diferente, que considera a variação da dívida dos entes públicos.

No ano passado, o Governo Central (Previdência, Banco Central e Tesouro Nacional), onde se concentram os gastos com a pandemia, apresentou déficit primário de R$ 745,266 bilhões, ante R$ 88,899 bilhões em 2019. Já os governos locais tiveram superávit, devido, principalmente, aos repasses federais de cerca de R$ 78 bilhões para combater os efeitos da crise. 

Segundo Rocha, em conjunto, no setor público consolidado, o resultado dessas transferências não tem impacto, mas quando se olha individualmente, ele explica a manutenção dos superávits dos governos regionais.

Os governos estaduais registraram superávit de R$ 38,286 bilhões em 2020; em 2019, o superávit para esses entes havia sido de R$ 16,248 bilhões. Os governos municipais também registraram superávit de R$ 462 milhões no ano passado. Em 2019, houve déficit de R$ 1,051 bilhão.

No caso das empresas estatais federais, estaduais e municipais, excluídas as dos grupos Petrobras e Eletrobras, o superávit primário foi de R$ 3,567 bilhões no ano passado.

O déficit das contas públicas em dezembro de 2020 chegou a R$ 51,837 bilhões, contra o resultado negativo de R$ 13,513 bilhões em igual período de 2019.


Despesas com juros

O gasto com juros somou R$ 312,427 bilhões em 2020, o menor da série histórica, contra R$ 367,282 bilhões em 2019. A queda foi influenciada pela redução dos juros básicos da economia, a Selic, fixados atualmente pelo BC em 2% ao ano, também a mínima histórica. De acordo com Rocha, em 2019 a taxa Selic efetiva foi de 5,6%, enquanto em 2020 foi de 2,76%.

Por outro lado, houve aumento das despesas com juros influenciado pelas operações do BC no mercado de câmbio (swap cambial). Os resultados dessas operações são transferidos para o pagamento dos juros da dívida pública.

De acordo com Rocha, em 2019, houve perdas de R$ 7,6 bilhões com swap, enquanto em 2020 essas perdas chegaram a R$ 40,8 bilhões. “Se retirasse esse efeito das despesas com swap dos dois anos, a redução dos juros, que foi de R$ 54,9 bilhões, teria sido ainda maior”, disse.

No ano passado, o déficit nominal, formado pelo resultado primário e os gastos com juros, ficou em R$ 1,015 trilhão, contra o resultado negativo de R$ 429,154 bilhões em 2019. O resultado nominal é levado em conta pelas agências de classificação de risco ao analisar o endividamento de um país, indicador levado em consideração por investidores.

“O crescimento do déficit nominal do setor público consolidado em 2020, para 13,7% do PIB, decorreu exclusivamente da elevação do déficit primário, uma vez que os juros nominais, seguindo a trajetória de redução iniciada em 2016, alcançaram o menor valor, como percentual do PIB, da série histórica anual iniciada em 2002, 4,22%”, reforçou o BC sobre a queda dos juros.


Dívida pública

A dívida líquida do setor público (balanço entre o total de créditos e débitos dos governos federal, estaduais e municipais) chegou a R$ 4,670 trilhões em dezembro de 2020, o que corresponde 63% do PIB, o maior percentual da série histórica do BC, iniciada em dezembro de 2001. Em dezembro de 2019, esse percentual estava em 54,6%.

No final de 2020, a dívida bruta - que contabiliza apenas os passivos dos governos federal, estaduais e municipais - chegou a R$ 6,615 trilhões ou 89,3% do PIB, contra 74,3% em dezembro de 2019. Esse é o maior percentual da série histórica do BC, iniciada em dezembro de 2006. Assim como o resultado nominal, a dívida bruta é usada para traçar comparações internacionais.

email sharing button
email sharing button
email sharing button
email sharing button

PUBLICIDADE

Recomendados

Despachante presta consultoria para aquisição de armas em PG
Imobiliária abre vagas e contrata corretores em PG
Lavanderia 60 minutos é opção de economia e agilidade em PG
Publicidade
Frango no Pote realiza ação especial no mês das mães
Triângulo Carnes tem ofertas especiais para o dia das mães
Unopar oferta atendimento para gestantes, mães e crianças
PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ponta Grossa 14/05/2022 ás 19:56h
Cotidiano 14/05/2022 ás 18:46h
Cotidiano 14/05/2022 ás 17:35h
Publicidade
Esporte 14/05/2022 ás 16:20h
Cotidiano 14/05/2022 ás 15:50h
Cotidiano 14/05/2022 ás 15:20h
Cotidiano 14/05/2022 ás 14:50h
Publicidade
Ponta Grossa 14/05/2022 ás 14:18h
Cotidiano 14/05/2022 ás 13:52h
Agronegócio 14/05/2022 ás 11:59h
Cotidiano 14/05/2022 ás 11:33h
Ver Mais
PUBLICIDADE

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 14/05/2022 ás 11:21h

Feto é encontrado em caixa de recicláveis em PG

Ponta Grossa 14/05/2022 ás 08:30h
Ponta Grossa 14/05/2022 ás 08:00h
PUBLICIDADE
Ponta Grossa 14/05/2022 ás 07:34h
Ponta Grossa 13/05/2022 ás 22:38h
Ponta Grossa 13/05/2022 ás 19:25h
PUBLICIDADE

COTIDIANO

Cotidiano | 14/05/2022 ás 10:59h

Embraer abre mil novas vagas de emprego no Brasil

Cotidiano 14/05/2022 ás 09:59h
Cotidiano 14/05/2022 ás 09:30h
PUBLICIDADE
Cotidiano 14/05/2022 ás 09:00h
Cotidiano 13/05/2022 ás 18:03h
Cotidiano 13/05/2022 ás 16:45h
PUBLICIDADE

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 14/05/2022 ás 10:30h

Brasil Sabor conta com 11 empresas dos Campos Gerais

Campos Gerais 13/05/2022 ás 18:39h
Campos Gerais 13/05/2022 ás 17:59h
PUBLICIDADE
Campos Gerais 13/05/2022 ás 17:19h
Campos Gerais 13/05/2022 ás 16:28h
Campos Gerais 13/05/2022 ás 15:55h
PUBLICIDADE

MIX

Mix | 14/05/2022 ás 09:00h

MODA: Estampa pode expressar muito mais do que uma imagem

Mix 14/05/2022 ás 06:30h
Mix 13/05/2022 ás 09:40h
PUBLICIDADE
Mix 13/05/2022 ás 09:16h
Mix 13/05/2022 ás 06:30h
Mix 12/05/2022 ás 17:30h
PUBLICIDADE

ESPORTE

Esporte | 13/05/2022 ás 20:56h

Motociclistas fazem manobras radicais na Vicente Machado

Esporte 12/05/2022 ás 16:42h
Esporte 12/05/2022 ás 12:59h
PUBLICIDADE
Esporte 12/05/2022 ás 12:15h
Esporte 11/05/2022 ás 18:10h
Esporte 10/05/2022 ás 15:03h
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

VAMOS LER

Vamos Ler Aulas | 13/05/2022 ás 18:14h

Saiba os fatos que levaram à assinatura da Lei Áurea

PUBLICIDADE

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 13/05/2022 ás 18:42h

Confira seu horóscopo deste sábado (14/05)

EMPREGOS

Empregos | 13/05/2022 ás 08:20h

Confira as vagas de emprego desta sexta-feira (13/05)

PUBLICIDADE

MAIS LIDAS

Esporte | 14/05/2022 ás 22:46h

Com um a menos, Fantasma arranca empate em Alagoas

Ponta Grossa 14/05/2022 ás 19:56h
Cotidiano 14/05/2022 ás 18:46h
Cotidiano 14/05/2022 ás 17:35h
Esporte 14/05/2022 ás 16:20h
PUBLICIDADE