Sesa vai reativar a produção de soro contra picadas de cobras | A Rede - Aconteceu. Tá na aRede! Portal aRede - Aconteceu! Tá na aRede!
Publicidade

Cotidiano

Produção será possível a partir da apreensão de cobras no nortre do Estado

Foto: Divulgação/Sesa

Agência Estadual de Notícias | Cotidiano | 01/08/2020 as 21:15h

Sesa vai reativar a produção de soro contra picadas de cobras

Produção será possível a partir da entrega de 153 cobras apreendidas em Mandaguari, no norte do Estado

A Secretaria de Estado da Saúde recebeu nesta semana, por meio da Divisão de Zoonoses e Intoxicações, 153 cobras recolhidas em Mandaguari, na região de Maringá. Com a chegada dos animais será aberto o biotério do Laboratório de Taxonomia Animal, da Divisão de Zoonoses, e reativado o serpentário do CPPI - Centro de Produção e Pesquisa de Imunobiológicos do Paraná. As duas instituições fazem parte da Sesa.

O biotério do Laboratório de Taxonomia já está fazendo a identificação das cobras e iniciará a destinação adequada para instituições parceiras de pesquisas. Entre elas, o CPPI, que é referência nacional na produção do soro contra a picada de aranha-marrom (antiloxoscélico) e que poderá também desenvolver antígenos contra a picada de serpentes.

Além dos estudos, a Sesa pretende intensificar capacitações junto à Vigilância Ambiental nos municípios para que mais profissionais atualizem as informações sobre manejo de serpentes.

“Pesquisas e capacitações profissionais fazem parte das principais ações da Secretaria de Estado, pois nos colocam à frente de vários serviços, auxiliam em diagnósticos e no atendimento à população diante em casos urgentes”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto.

“A abertura do biotério, com todas as condições adequadas para receber animais peçonhentos, é um grande passo para o serviço de saúde que visa a preservação de espécies e a proteção da população”,  afirma o chefe da Divisão de Vigilância de Zoonoses e Intoxicações, Emanuel Marques da Silva,

Segundo o coordenador de pesquisas do CPPI, Bruno Antunes, “a reativação do serpentário representa também a ampliação de projetos de educação ambiental e educação em saúde pública, além da produção de medicamentos de produção de soros mais eficientes para tratamento de acidentados por animais peçonhentos”.

As serpentes foram apreendidas em operação realizada pelo Instituto Água e Terra, em conjunto com a Sesa e Polícia Ambiental do Paraná. As cobras pertencem aos gêneros Bothrops (jararaca) Crotalus (cascavel) que representam 70% e 11% dos acidentes ofídicos notificados no Estado.

Vigilância

A Sesa mantém o Programa Estadual de Vigilância por Acidentes por Animais Peçonhentos e o Laboratório de Taxonomia, junto à Divisão de Zoonoses. “O objetivo é acompanhar todos os casos envolvendo estes animais; a freqüência e a região que  ocorrem, espécies de animais presentes,  distribuição de soroterápicos e a atenção que é dada aos pacientes quando sofrem um acidente”, complementa o biólogo.

As notificações abrangem ocorrências com serpentes, aranhas, escorpiões, lagartas, águas vivas e peixes peçonhentos. Os acidentes são notificados também junto ao Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan)

Serpentes

O Laboratório de Taxonomia de Animais recebe e identifica milhares de exemplares por ano, provenientes de todo o Estado. Nos primeiros seis meses do ano, cerca de 5.660 deram entrada, destes 399 foram serpentes.

Agora, com a abertura do biotério, os exemplares capturados vivos serão mantidos em condições adequadas, até que sejam destinados para organizações de pesquisas.

Levantamento da Divisão da Zoonones mostra que entre 2010 a 2020 foram registrados 5.875 acidentes envolvendo animais da “família” das jararacas; 1.190 envolvendo cascavéis e 42 envolvendo corais.

A gravidade de cada acidente está relacionada a diversos fatores, como a quantidade de veneno injetada, estado de saúde do acidentado, local da picada, idade do paciente, entre outros.

Em caso de acidentes, a pessoa deve apenas lavar o local da picada e elevar o membro atingido. Qualquer outra atitude pode complicar o quadro do envenenamento.

“O mais importante é buscar ajuda médica para receber o atendimento necessário”, informa Emanuel Marques da Silva.

Outras informações em caso de acidentes devem ligar para: Centro de Controle de Envenenamentos: 0800 41 0148 (plantão 24 horas).

Alerta

A Sesa alerta ainda para a proibição de se manter animais silvestres em ambientes domésticos e em cativeiro. Animais silvestres nunca devem ser comercializados, reproduzidos e mantidos em cativeiro sem a autorização ambiental. O artigo 29 da Lei nº 9605/98 de Crimes Ambientais prevê detenção de 6 meses a 1 ano e multa para as pessoas que se enquadrem na prática.

“Vale lembrar que todos os animais, inclusive as cobras, participam ativamente do equilíbrio ecológico; aprender a conviver em harmonia com os animais, respeitando seus ecossistemas, seus hábitos e comportamento natural é uma das formas de garantir a manutenção de um meio ambiente saudável”, disse Emanuel Marques.

email sharing button
email sharing button
email sharing button
email sharing button

Publicidade

Recomendados

Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Campos Gerais 19/01/2021 ás 21:45h
Campos Gerais 19/01/2021 ás 21:45h
Ponta Grossa 19/01/2021 ás 21:30h
Publicidade
Publicidade
Esporte 19/01/2021 ás 20:16h
Ponta Grossa 19/01/2021 ás 19:59h
Ponta Grossa 19/01/2021 ás 19:48h
Ponta Grossa 19/01/2021 ás 19:29h
Publicidade

LIVES RECENTES

Ao Vivo
ao vivo | 19/01/2021 ás 17:22h

Saiba o que muda com o novo decreto em PG

Conheça a ÁgilPress Seguros & Consórcios
Troca de tiros com a PM deixa rapaz ferido em PG
Ponta Grossa recebe 6 mil doses da Coronavac
Ver Mais
Publicidade

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 19/01/2021 ás 18:40h

Projeto atende mulheres em situação de vulnerabilidade

Publicidade
Ponta Grossa 19/01/2021 ás 17:20h
Ponta Grossa 19/01/2021 ás 16:55h
Publicidade

COTIDIANO

Cotidiano | 19/01/2021 ás 19:20h

Prorrogada a inscrição para militares da reserva em colégios

Publicidade
Cotidiano 19/01/2021 ás 13:00h
Publicidade

VÍDEOS

Campos Gerais | 19/01/2021 ás 08:21h

Irati registra ao menos 30 pontos de alagamentos

Ver Mais

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 19/01/2021 ás 19:00h

Jaguariaíva prevê o plantio de 10 mil árvores em 2021

Campos Gerais 19/01/2021 ás 18:20h
Campos Gerais 19/01/2021 ás 16:21h
Publicidade
Campos Gerais 19/01/2021 ás 13:31h
Campos Gerais 19/01/2021 ás 13:20h
Publicidade

MIX

Mix | 16/01/2021 ás 05:30h

2021 será marcado pelo novo ciclo da moda

Publicidade
Mix 09/01/2021 ás 21:40h
Publicidade

ESPORTE

Esporte | 19/01/2021 ás 07:45h

Após três rodadas, Flamengo volta a vencer e entra no G4

Publicidade
Esporte 18/01/2021 ás 19:29h
Publicidade

INSANA

Insana | 05/01/2021 ás 17:40h

Idoso morre e família descobre que uma perna foi 'esquecida'

Insana 11/12/2020 ás 12:20h
Publicidade
Publicidade

VAMOS LER

Vamos Ler | 16/12/2020 ás 19:30h

Alunos interagem com professor peruano em aula de Espanhol

AGRONEGÓCIO

Agronegócio | 19/01/2021 ás 20:45h

Agronegócio do PR tem recorde histórico de exportações

Publicidade

ROMULO CURY

Romulo Cury | 19/01/2021 ás 06:30h

Confira a coluna RC desta terça-feira (19/01)

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 19/01/2021 ás 06:00h

Confira seu horóscopo desta terça-feira (19/01)

EMPREGOS

Empregos | 19/01/2021 ás 06:05h

Confira as vagas de emprego desta terça-feira (19/01)

Publicidade

MAIS LIDAS

Ponta Grossa | 14/01/2021 ás 16:40h

Após foto viralizar, diarista consegue emprego em PG

Ponta Grossa 13/01/2021 ás 16:09h
Ponta Grossa 18/01/2021 ás 14:39h
Ponta Grossa 14/01/2021 ás 13:37h
Publicidade
Publicidade