PUBLICIDADE

Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí

Quinto ano A da Escola Fátima Augusta Bosa recebeu convidada que pôde interagir e mostrar mais sobre encenações com bonecos

Participação efetiva dos alunos mostrou importância da manifestação artísticas e suas características
Participação efetiva dos alunos mostrou importância da manifestação artísticas e suas características -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O 5º ano A da Escola Municipal Fátima Augusta Bosa, em Carambeí, dentro da disciplina de Arte da professora Mafalda Fernandes Marcondes, pôde aprofundar seu conhecimento no mês de julho com linguagens artísticas, desta vez com foco no teatro, especificamente nos de bonecos e fantoches.

“O espaço teatral se dá pelas ações desenvolvidas nele, as quais são construídas por aqueles que participam da encenação. Dessa forma, seja no palco, seja na rua, a arte do teatro pode acontecer, descontruindo a ideia de que uma apresentação acontece apenas no teatro”, aponta a docente, que contextualiza questões históricas, desde a pré-história.

A educadora cita também o teatro de bonecos, com o primeiro registro no Rio de Janeiro na década de 50, sendo que este “ganha existência por meio do movimento das mãos do ator que o manipula, narra as histórias e transcende a realidade, metamorfoseando o real em momentos de magia e sedução”.

GALERIA DE FOTOS

  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  • Aspectos teatrais encantam e ensinam alunos em Carambeí
  

Assim, para falar do teatro de bonecos, Mafalda cita que houve a visita em sala da educadora ‘Tia Eli e seus bonecos’. “Como o foco do trabalho da Tia Eli são as crianças e seus temas estão entre valores humanos, éticos, de respeito ao ambiente pautados pelos princípios cristãos, sua presença foi muito pertinente e agregou valor ao desenvolvimento do nosso projeto”, pontua a professora.

Assim, a turma percebeu de perto os bonecos, percebeu os materiais que são fabricados, notaram diferentes entre os tipos de bonecos e fantoches, além de compreenderem melhor o processo de criação de cada personagem, como a história de vida para cada boneco é criada, junto com sua personalidade específica e características bem definidas – conforme explana a educadora.

“Poder manipular os fantoches, cantar, rir e se divertir foi possível durante essa aula. A tia Eli também passou para os alunos algumas dicas sobre a manipulação dos fantoches e eles fizeram um pequeno treino, divertido. Nossas questões ambientais não foram deixadas de lado, pois a Tia Eli tem a Vovó Julia, uma linda boneca de cabelos grisalhos e óculos que nos visitou e contou como era sua vida quando criança, e como a natureza era valorizada e alimentação era mais natural e saudável”, complementa a docente.

Por fim, Mafalda diz que a personagem também falou da importância da abelhas e que elas são defensivas, não devendo ter medo destas. “Entrar no mundo da imaginação do teatro e ainda refletir sobre os temas ambientais e de sustentabilidade foram algumas das experiências desse momento em sala. Queremos aproveitar para agradecer a prontidão e alegria com que a Tia Eli atendeu nosso pedido e veio para compartilhar conosco um pouco de seu conhecimento e de sua alma de artista”, conclui a professora.

Acesse o blog escolar da Escola Fátima Augusta Bosa clicando aqui

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE