PUBLICIDADE

Prefeitura começa a revitalização de praça após saída de bolsonaristas

Praça Marechal Floriano Peixoto é considerado um patrimônio cultural do município

O serviço de revitalização, realizado pela Secretaria de Meio Ambiente, deve seguir nos próximos dias
O serviço de revitalização, realizado pela Secretaria de Meio Ambiente, deve seguir nos próximos dias -

Naiane Jagnow

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Os trabalhos de revitalização na Praça Marechal Floriano Peixoto, no Centro de Ponta Grossa, começaram nesta segunda-feira (02) pela Prefeitura de Ponta Grossa. Logo no início da manhã, foi possível notar o movimento de trabalhadores e o barulho das máquinas. Confira a live do portal aRede que mostrou os serviços realizados no local - clique aqui

A praça foi ocupada por apoiadores do ex-presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro (PL), desde o fim do segundo turno das ‘Eleições Gerais 2022’. Os manifestantes solicitavam por intervenção militar e a anulação do processo eleitoral. O local foi desocupado apenas neste domingo (1°), após a posse do novo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Durante esse período de dois meses, os integrantes da manifestação montaram tendas e instalaram banheiros químicos, o que danificou principalmente a grama do espaço. O secretário municipal de Meio Ambiente, André Pitela, esteve na praça na manhã dessa segunda-feira (02) para avaliar a situação. 

Conforme o secretário, a revitalização da praça já fazia parte do cronograma da prefeitura, por conta do aniversário de 200 anos do município, celebrado neste ano de 2023. Além dos cuidados com a vegetação, os monumentos devem ganhar uma nova pintura. 

Com a saída dos manifestantes da Praça Marechal Floriano Peixoto, a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) revitalizará o espaço
Com a saída dos manifestantes da Praça Marechal Floriano Peixoto, a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) revitalizará o espaço |  Foto: Mateus Pitela/aRede
 

Os manifestantes teriam se disponibilizado para ajudar a plantar a grama. Porém, o local é tombado como patrimônio cultural e qualquer mudança deve passar por uma prévia aprovação do Conselho Municipal de Patrimônio Cultural (Compac). Inclusive, em novembro, a Secretaria Municipal de Cultura solicitou esforços para que os órgãos de segurança tomassem alguma medida para a desocupação do espaço. Porém, apesar dos pedidos do setor cultural, nenhuma medida efetiva foi tomada pelo Poder Executivo.

A praça abriga construções importantes como o obelisco que homenageia os fundadores da cidade e também o Monumento ao Sesquicentenário, construído em comemoração aos 150 anos da elevação de Ponta Grossa a Freguesia. O serviço de revitalização, realizado pela Secretaria de Meio Ambiente, deve seguir nos próximos dias.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE