PUBLICIDADE

Agência do Trabalhador de PG é a 3ª que mais emprega no Brasil

Colocações em vagas de trabalho aumentam em 89% comparado com o ano passado

De janeiro a novembro deste ano, a Agência do Trabalhador de Ponta Grossa de Ponta Grossa empregou um total de 3.708 pessoas
De janeiro a novembro deste ano, a Agência do Trabalhador de Ponta Grossa de Ponta Grossa empregou um total de 3.708 pessoas -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Agência do Trabalhador de Ponta Grossa subiu para a 3ª posição entre as 50 agências municipalizadas do Brasil em colocações no mercado de trabalho, perdendo apenas para as cidades de São Paulo e Manaus, no estado do Amazonas. Os dados são do Ministério do Trabalho e Previdência, filtrados pela Secretaria de Justiça, Família e Trabalho do Estado do Paraná.

Em 2022, no período de janeiro a meados de dezembro, através da Agência do Trabalhador de Ponta Grossa, um total de 3.834 pessoas foram colocadas no mercado de trabalho, ficando atrás da agência localizada em São Paulo capital com 7.829 e a de Manaus, com 4.840 colocações no mesmo período. Em relação a performance estadual, o Paraná ocupa a 1ª posição no país.

De janeiro a novembro deste ano, a Agência do Trabalhador de Ponta Grossa de Ponta Grossa empregou um total de 3.708 pessoas, isto é, 89% a mais do que o mesmo período em 2021 com 1.958 colocações. Neste ano, foram 43.870 encaminhamentos, 54% a mais que em 2021, que encaminhou 28.330 pessoas para oportunidades de emprego. A captação de vagas também aumentou, registrando uma diferença de 106% entre os dois últimos anos, com 10.311 vagas ofertadas em 2022 e 4.896 no ano passado. A Agência de Ponta Grossa aumentou em 56% o número de atendimentos, de 44.811 no ano passado para 69.950 em 2022. 

A prefeita Elizabeth Schmidt comemora o resultado e comenta que a melhor política pública é a geração de emprego. Segundo ela, a Prefeitura atua em diversas frentes para a promoção de vagas no mercado de trabalho e renda. “Trabalhamos de maneira incessante não apenas na atração de empresas, mas na facilitação da abertura de novos negócios. Além disso, investimos em capacitação de mão de obra. Com isso, este resultado é consequência de diversas ações, tendo como demonstrativo a quantidade de colocações”, disse Elizabeth.

O secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, José Carlos Loureiro Neto, comenta que a Prefeitura realizou diversas ações externas como a Agência do Trabalhador Móvel, como outros `Mutirões de Emprego', que ofertaram milhares de vagas em um mesmo dia. “Nos aproximamos da população com serviços disponíveis pela Agência, não apenas de intermediação, mas também de outros que auxiliam os candidatos a conquistar uma vaga de emprego como a formatação de currículo e corte de cabelo gratuito”, explica.

Loureiro salienta a criação, neste ano, do espaço do empresário dentro da Agência, como forma de oferecer um local adequado para atendimento dos geradores de oportunidades de trabalho. “O empresariado é a peça chave para a geração de desenvolvimento e para a abertura de vagas de emprego, por isso, temos um espaço exclusivo para esta finalidade, prestigiando quem faz a Agência obter estes importantes resultados”, disse.

Nilton Gomes, diretor da Agência do Trabalhador, destaca também o constante contato com o empresariado ponta-grossense para que as oportunidades de emprego sejam disponibilizadas. “Encaminhamos os trabalhadores com o perfil desejado não apenas pelo currículo cadastrado, mas pelo controle das capacitações efetuadas pelos munícipes, condizentes com a necessidade de conhecimento e experiência para a vaga, visando a satisfação do empregador”, finaliza o diretor.

Com informações da Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE