PUBLICIDADE

Prefeita anuncia local da nova sede da Casa da Mulher

Parte dos recursos utilizados para a construção da nova sede foram destinados pela deputada federal Aline Sleutjes

O anúncio foi realizado no último final de semana.
O anúncio foi realizado no último final de semana. -

Marcus Benedetti

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A prefeita Elizabeth Schmidt (PSD) e a deputada federal Aline Sleutjes (Pros) anunciaram, no último final de semana, o local onde será construída a nova sede da Casa da Mulher em Ponta Grossa. O anúncio, realizado por meio de um vídeo publicado nas redes sociais, revela que o novo local será construído na Avenida dos Vereadores, próximo à Arena Multiuso. A nova estrutura será construída por meio de um acordo de cooperação entre os governos Municipal, Federal e Estadual e irá ampliar a rede de proteção à mulher no município.

“Graças aos recursos viabilizados pela deputada Aline Sleutjes, iremos construir aqui a nova Casa da Mulher. Os editais estão quase prontos. A deputada veio hoje aqui para fazer esse anúncio e nós agradecemos essa grande obra e grande conquista”, afirmou a prefeita Elizabeth Schmidt. Atualmente, a sede da Casa da Mulher fica localizada na Rua Theodoro Rosas, nº 1651, no Centro.

A deputada Aline Sleutjes destinou R$ 1,5 milhão em emendas parlamentares após uma solicitação da secretária da Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública de Ponta Grossa (SMCSP), Tânia Sviercoski, e da prefeita Elizabeth. O envio do montante foi prometido por Aline ainda na metade de 2021. 

“Que alegria poder estar aqui e hoje anunciando, oficialmente, a Casa da Mulher Brasileira, novo espaço da Casa da Mulher, onde teremos políticas públicas voltadas para as nossas mulheres. Lugar de mulher é onde ela quiser e elas precisam ser valorizadas.Tenho certeza que esse projeto será um sucesso”, destacou a parlamentar. 

A estrutura atual da Casa da Mulher conta com o Centro de Referência e Atendimento à Mulher (CRAM) e com a Patrulha Maria da Penha (PMP), promovendo o atendimento especializado e humanizado no combate à violência doméstica e intrafamiliar, juntamente com outros equipamentos da Rede de Enfrentamento. “Estamos localizados próximo da Rodoviária Intermunicipal em uma estrutura provisória. Uma sede permanente consolida o trabalho realizado em prol das mulheres em situação de violência em Ponta Grossa”, disse a coordenadora do espaço, Camila Calisto Sanches.

“Recebemos os termos do acordo de cooperação e tivemos a oportunidade de sanar dúvidas em relação ao formato, a equipe mínima para funcionamento no modelo pleiteado e questões administrativas da nova estrutura”, explicou a secretária da Família e do Desenvolvimento Social, Tatyana Denise Belo, no início de novembro, quando a prefeitura anunciou a construção do novo espaço. 

Os editais de licitação devem ser publicados ainda neste ano e a expectativa é que as obras iniciem ainda no primeiro semestre de 2023.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE