PUBLICIDADE

Projeto ‘Casa das Fraldas’ completa 12 anos de serviço voluntário em PG

Cerimônia será realizada nesta terça-feira (18), a partir das 19h; voluntários esperam produzir 2 mil fraldas para os mais necessitados

Voluntários produzem fraldas para as pessoas mais necessitadas de Ponta Grossa
Voluntários produzem fraldas para as pessoas mais necessitadas de Ponta Grossa -

Rodolpho Bowens

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Após 12 anos ininterruptos de atividades, o projeto ‘Casa das Fraldas’ celebrou na última segunda-feira (17), mais um período de serviços à população. Organizado pelo Rotary Club Ponta Grossa Campos Gerais, em parceria com a Loja Maçônica Vila Velha, a iniciativa reúne voluntários para a produção de fraldas para as pessoas mais necessitadas. E para celebrar esses 12 anos, nesta terça-feira (18), a partir das 19h, acontecerá uma cerimônia na sede da Loja Maçônica Vila Velha – a expectativa é que sejam produzidas 2 mil fraldas.

Diante da data comemorativa, a presidente do Rotary Club, Sandra Mara Sobral, enfatiza as atividades realizadas pelos voluntários no decorrer dos últimos anos. “A todos vocês que asseguram ao ser humano a proteção contra qualquer ato de cunho degradante e desumano e promovem uma participação ativa e corresponsável nos destinos da própria existência e da vida em comunhão com os demais seres humanos, os nossos mais sinceros agradecimentos”, disse em nota.

Confira abaixo o comunicado na íntegra:

“A ideia do projeto Casa das Fraldas surgiu quando noticiou-se nas mídias a realização de um mutirão onde um grupo de um outro município do Estado do Paraná promoveu uma ação para produzir fraldas e enviar para o Haiti, que havia sofrido as consequências de um grande terremoto.

Inspirados nesta atitude, em 2010, o Rotary Club Ponta Grossa Campos Gerais em parceria com a Loja Maçônica Vila Velha, acolheu a proposição do companheiro Francisco Reghin e iniciaram o projeto que é mantido por voluntários e completou em 17 de outubro de 2022, 12 anos de atuação.

Não há como negar que a utilização de fraldas seja essencial às pessoas com deficiência e idosos que não possuem controle sob suas necessidades fisiológicas, já que tal material vem a ser imprescindível à higiene dos indivíduos que dele necessitam. A não utilização de fraldas, inclusive, pode ensejar o desenvolvimento de doenças (infecções, escaras, assaduras) além de intensificar a angústia de seus cuidadores, os quais padecem diante do aumento da dificuldade no trato do idoso ou da pessoa com deficiência, acabando por exigir, posteriormente, um maior dispêndio do ente público no fornecimento de medicamentos e tratamento para combater essas moléstias.

O fornecimento contínuo de fraldas geriátricas é indispensável por isso, fator determinante para a manutenção e recuperação de sua saúde. O fornecimento de cada fralda assegura um padrão de vida minimamente adequado para os nossos assistidos e para suas respectivas famílias.

Cada fralda produzida pelas mãos de nossos voluntários significa a produção de um ato de respeito à dignidade humana.

Assim, o Rotary Club de Ponta Grossa Campos Gerais felicita os 12 anos ininterruptos da Casa das Fraldas, aos companheiros idealizadores, coordenadores e principalmente reconhece o trabalho de nossos voluntários que são os verdadeiros agentes sociais de transformação nesta proposição social.

A todos vocês que asseguram ao ser humano a proteção contra qualquer ato de cunho degradante e desumano e promovem uma participação ativa e corresponsável nos destinos da própria existência e da vida em comunhão com os demais seres humanos, os nossos mais sinceros agradecimentos”.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE