PUBLICIDADE

Elizabeth anuncia Delegacia Cidadã e Estado licita R$13 mi do novo IML

Entre os projetos em andamento estão a nova sede do IML e a implantação da Delegacia Cidadã na cidade

Prefeita Elizabeth Schmidt (PSD) em entrevista ao Portal aRede.
Prefeita Elizabeth Schmidt (PSD) em entrevista ao Portal aRede. -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A prefeita Elizabeth Schmidt divulgou, na tarde de hoje (11), o avanço da aplicação de  investimentos destinados para a área da segurança pública no Município. 

O Governo do Paraná já publicou o aviso de licitação para construção da sede da Polícia Científica na cidade, que abrigará o Centro Universitário de Anatomia e o Instituto Médico Legal, e que terá investimentos de R$ 13,5  milhões. Além disso, já está publicada a data para licitação dos projetos arquitetônicos para outra obra importante, que será a Delegacia Cidadã, e que também terá grandes investimentos aplicados.

“A conquista destes investimentos é fruto de muito trabalho e da parceria entre o Município, a Universidade Estadual de Ponta Grossa e o Governo do Paraná. Agradeço imensamente a todos os envolvidos nestes processos e tenho certeza que será um divisor de águas para a segurança pública e para a formação de profissionais da área da saúde na nossa cidade”, destaca a prefeita Elizabeth Schmidt. 

Para o chefe da 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa, delegado Nagib Nassif Palma, os investimentos são muito importantes tanto para os servidores que atuam na segurança pública quanto para a comunidade. 

“O investimento na nossa Polícia Científica, assim como a licitação da nossa nova Delegacia Cidadã, que é um investimento do poder público que devemos aos esforços dos nossos políticos da região, da nossa Prefeitura especialmente, são eventos importantíssimos para a segurança pública. 

Com relação à Polícia Científica, potencializará as questões periciais, de exames que são necessários, de diligências técnicas que permitem uma qualidade maior nas investigações, uma solidez das provas coletadas no inquérito policial e, obviamente, uma  uma elucidação muito mais célere e mais qualificada. 

Com relação à nossa Delegacia Cidadã, certamente terá vantagens quer sobre a questão do servidor público que ali atua, assim como será para a população, o que fecha o ciclo da qualidade do nosso trabalho. A população será muito melhor atendida, terá todo o conforto, todas as especializações Todos sairão ganhando, quer a população em primeiro lugar, quer os servidores que trabalham e, obviamente, a segurança pública”, aponta.  

Ponta Grossa terá o primeiro IML Universitário do Brasil

Com previsão de área construída total de 2.818,49 m², o prédio da  Sede da Polícia Científica do Paraná também abrigará a estrutura e serviços do Instituto Médico Legal e do Centro de Anatomia da UEPG, criando-se, a partir da integração entre as instituições, o primeiro IML Universitário do Brasil. 

De acordo com a Universidade Estadual de Ponta Grossa, a sede da Polícia Científica será composta por salas administrativas, consultórios e área de atendimento ao público, sala de necropsia, salas de exames, sala de câmara fria, salas de apoio técnico, alojamentos e salas de convivência. Já o Centro de Anatomia será composto por salas de aula, auditório, refeitório, salas administrativas e salas de apoio técnico.

Delegacia Cidadã

Com o objetivo de reunir diversos serviços para a população em um único espaço, o projeto da Delegacia Cidadã prevê espaços diferenciados para atendimento das demandas da comunidade.

A estrutura contará com área de 1.892,36 m² e ficará localizada na rua Maria Rita Perpétuo, em Oficinas. 

Licitações

Os processos que envolvem a execução dos projetos já estão em andamento.

No caso do prédio que abrigará o IML, o chamamento para a apresentação das propostas dos interessados na execução do projeto já foi publicado. A entrega dos envelopes está prevista para o dia 08 de novembro, sendo o valor máximo fixado em R$ 13.567.469,73. 

Já a Delegacia Cidadã se encontra na fase de elaboração do projeto. A licitação dedicada à contratação da empresa responsável pelos projetos arquitetônico e complementares está prevista para o dia 17 de novembro e conta com valor máximo previsto de R$ 170.989,40.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE