PUBLICIDADE

Prefeitura de Ponta Grossa apresenta Plano de Cargos e Salários

Prefeita Elizabeth Schmidt destaca que este é um momento histórico para o serviço público municipal

Plano de Cargos e Salários cumpre com o objetivo 38 do Plano de Metas da gestão
Plano de Cargos e Salários cumpre com o objetivo 38 do Plano de Metas da gestão -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Na última semana, a Prefeitura de Ponta Grossa apresentou para o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ponta Grossa (Sindiserv) um primeiro panorama do Plano de Cargos e Salários (PCS) do Município de Ponta Grossa, que segue em estudos pela Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos, Secretaria Municipal da Fazendo, Procuradoria Geral do Município e o Gabinete da Prefeita e em breve será encaminhada para a Câmara dos Vereadores.

A prefeita Elizabeth Schmidt destaca que é um momento histórico para o serviço público municipal, pois até o momento, nunca foi elaborado um plano de cargos e salários que contemplasse todos os servidores. “Nosso objetivo é atender a legislação, o Plano de Metas, mas principalmente prestigiar nossos colaboradores que há muitos anos reivindicam uma maior valorização do funcionalismo público municipal e a elaboração de um plano nestes moldes”, disse Elizabeth, que adianta que os servidores podem ficar tranquilos, pois não há risco de reduções de remunerações de verbas fixas já existentes.

A secretária municipal de Administração e Recursos Humanos, Cliciane Garczarek, comenta que foi importante para a gestão apresentar um esboço da minuta do projeto de lei ao Sindiserv e ouvir sugestões da entidade. “Apresentamos mudanças que entendemos necessárias para melhorar a organização do quadro geral, mas que também possibilite de progressão não apenas vertical pelo tempo de serviço, mas também horizontal, a partir da capacitação do servidor municipal, entre outros indicadores merecimento e de comprometimento com o serviço público”, disse.

O Plano de Cargos e Salários cumpre com o objetivo 38 do Plano de Metas da gestão e visa atender a definição de regras de ascenção e políticas salariais e reorganizar o quadro de cargos permanentes. “Dentro do processo de estudo para implantação contamos com o levantamento de informações para um mapeamento dos cargos do quadro permanente, da identificação de cargos e funções obsoletas do Município, de identificar desvios de funções, da unificação de cargos correlatos e estudo de implantação do e-social na Prefeitura. Pelo cronograma do Plano de Metas, a intenção é que para 2023 já esteja implementado, mediante aprovação do Legislativo Municipal”, finaliza a secretária.

Com informações da Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE