PG participa de imersão sobre cidades inteligentes

Evento é promovido pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI), em Foz do Iguaçu

Evento é promovido pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI), em Foz do Iguaçu
Evento é promovido pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI), em Foz do Iguaçu -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Ponta Grossa participa, nesta quinta e sexta-feira (28 e 29), do evento Imersão em Smart Cities, promovido pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI), em Foz do Iguaçu. Direcionado a agentes públicos, as imersões tem como propósito apresentar o que há de mais inovador e pioneiro no âmbito de cidades inteligentes no Brasil.

A Prefeitura de Ponta Grossa está sendo representada pela presidente da Agência de Inovação e Desenvolvimento, Tônia Mansani e pelo procurador geral do Município, Gustavo Schemim da Matta.

Tônia afirma que a imersão em cidades inteligentes é importante, porque oportuniza atualização nas temáticas smart cities, possibilita conhecer em campo a aplicação e validação das tecnologias que estão sendo testadas na Vila A – bairro inteligente implantado em Foz do Iguaçu -, além da troca de informações com os municípios. “A cooperação técnica assinada recentemente entre a Agência de Inovação e o PTI tem auxiliado na busca de tecnologias que sirvam como ferramenta para o desenvolvimento social e econômico do município e assim impulsionar a integração das hélices do Vale dos Trilhos, nosso ecossistema de inovação, de forma sustentável”, diz.

O procurador geral do Município também destacou a importância de participar na imersão, pois a inovação em cidades inteligentes está intrinsecamente ligada à desburocratização e atualização legislativa. “Inclusive, fomos reconhecidos no evento por sermos o único município participando com a Agência de Inovação e com a Procuradoria Geral, visto que as questões legais são um dos grandes empecilhos para as implementações tecnológicas e inovadoras”, completa Da Matta.

No encontro, entre os assuntos discutidos estão a apresentação de conceitos em cidades inteligentes, ações do PTI em Smart Cities; linhas de fomento disponíveis para as Prefeituras no desenvolvimento de cidades inteligentes; apresentação Centro de Excelência em Smart Cities; diagnósticos e indicadores como ferramentas que direcionam para cidades mais inteligentes; a utilização da legislação vigente a favor das prefeituras no desenvolvimento de cidades inteligentes; além de visitas técnicas entre outros tópicos. “Para a primeira imersão convidamos representantes de prefeituras, procuradores e especialistas do tema para discutir assuntos que incluem os principais cases de sucesso no país, assim como projetos, governança, captação de recursos e indicadores, proporcionando um ambiente rico em conhecimento para melhorar as cidades do futuro”, finaliza o analista de Negócios PTI, Leonel Rodrigues.