Sebrae promove ambientes de inovação no Paraná

27 iniciativas participam da edição de 2022, do Programa Habitats PR de Inovação

Ao todo, o Paraná conta com mais de 100 habitats de inovação.
Ao todo, o Paraná conta com mais de 100 habitats de inovação. -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

27 iniciativas participam da edição de 2022, do Programa Habitats PR de Inovação

Com o objetivo de estimular o empreendedorismo, apoiar o desenvolvimento e a criação de novos ambientes de inovação no Paraná, o Sebrae promove o Programa Habitats PR de Inovação. Até o final deste ano, 27 ecossistemas irão participar de encontros com workshops e mentorias, ações que fazem parte da jornada de ambientes promotores de inovação que visam a capacitação e consolidação de startups e negócios inovadores. 

O programa é voltado para universidades, associações, prefeituras e empresas privadas que possuem espaços como hubs de inovação, parques tecnológicos, coworking, espaços makers, incubadoras e pré-incubados, além de aceleradoras e pré-aceleradoras. Nos últimos dois anos no Paraná, foram realizadas cerca de 2000 mil horas de capacitação e 700 workshops com a participação de 63 ecossistemas de inovação. 

“Vamos apoiar esses espaços para que o desenvolvimento ocorra de maneira mais estruturada e efetiva, para que empresas inovadoras ou de bases tecnológicas estimulem as regiões e o estado, com competitividade no mercado e maior valor agregado”, afirma o consultor do Sebrae Paraná, Michael Douglas Camilo.

Ao todo, o Paraná conta com mais de 100 habitats de inovação. Um deles é o Smart Space, realizado no Centro Universitário Cidade Verde (UniCV), em Maringá. Criado em 2021, o ambiente tem como foco criar pontes entre alunos e o mercado de trabalho por meio do fomento ao empreendedorismo. 

Iniciativas e instituições que integram a edição 2022 do programa:

Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (Acifi) – Foz do Iguaçu;

Centro Universitário de União da Vitória (UniUv) – União da Vitória;

Centro Universitário UniFatecie e Prefeitura de Paranavaí – Paranavaí;

Clube da Robótica da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) – Ponta Grossa;

Faculdade Alfa (UniAlfa) – Umuarama;

Faculdade da Indústria – São José dos Pinhais;

Faculdade de Pinhais (FAPI) - Pinhais;

Funcional Contabilidade – Cascavel;

Fundação Educere, Prefeitura de Campo Mourão, Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e Sicoob – Campo Mourão;

Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fundetec) – Cascavel;

Instituto do Ecossistema de Inovação de Londrina - Londrina;

Instituto Federal do Paraná (IFPR) e Prefeitura de Colombo - Colombo;

IFPR – Arapongas;

IFPR – Palmas;

IFPR – Pitanga;

IFPR – União da Vitória;

Prefeitura de Cianorte – Cianorte;

Prefeitura de Ivaiporã - Ivaiporã;

Prefeitura de Jandaia do Sul – Jandaia do Sul;

Prefeitura de Japurá - Japurá;

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) – Curitiba;

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrail (Senai) – Toledo;

Universidade Positivo – Curitiba;

UTFPR – Curitiba;

UTFPR – Medianeira;

UTFPR – Ponta Grossa;

UTFPR – Toledo.