Narco Brasil implode esquema do tráfico em PG

No beco da Rua Jaguapitã, na Vila Palmeirinha, na manhã dessa quinta-feira (30), policiais militares apreenderam diferentes tipos de drogas, dinheiro e um automóvel

Policiais militares apreenderam diferentes tipos de drogas, dinheiro, celulares e um automóvel
Policiais militares apreenderam diferentes tipos de drogas, dinheiro, celulares e um automóvel -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

No beco da Rua Jaguapitã, na Vila Palmeirinha, na manhã dessa quinta-feira (30), policiais militares apreenderam diferentes tipos de drogas, dinheiro e um automóvel

A megaoperação nacional deflagrada em Ponta Grossa, a Narco Brasil, levou à queda mais um ponto de comercialização de substâncias entorpecentes, no Município. No beco da Rua Jaguapitã, na Vila Palmeirinha, na manhã dessa quinta-feira (30), policiais militares apreenderam diferentes tipos de drogas, dinheiro, celulares e um automóvel. A mulher que estava no imóvel foi presa e encaminhada à 13ª SDP.

Sobre a ocorrência, a PM informou que os policiais envolvidos na Operação Narco Brasil, averiguando denúncias realizadas através do Sistema 181, visualizou uma mulher encostada à porta da residência, fumando cigarro de maconha. A equipe também percebeu um prato com vários cigarros ilícitos.

“No local foram localizadas três buchas de cocaína, duas buchas de maconha e uma pedra de 50 gramas de crack, além de dinheiro em notas diversas. Foi encontrado também na residência uma chave de um veículo Fiat/Toro. Em buscas realizadas no carro, foram encontradas quantidades de crack, maconha e cocaína”, esclareceu a PM.

O envolvimento da mulher na rede de tráfico de drogas em Ponta Grossa será apurado pela Polícia Civil. A procedência do veículo apreendido está sendo averiguada pelas autoridades policiais.

Coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a Narco Brasil visa intensificar os trabalhos já desenvolvidos pelas polícias Civil e Militar do Estado até o dia 06 de julho. Serão desencadeadas ações nas 27 unidades federativas do País.

A operação se dá em alusão ao Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas, celebrado em 26 de junho. O plano prevê a ampliação de ações de fiscalização, repressão e monitoramento que já ocorrem no Paraná. “Combater o tráfico de drogas é uma forma de também combater, indiretamente, outros crimes violentos, como homicídios, roubos e furtos”, afirmou o secretário estadual da Segurança Pública, Wagner Mesquita.

“A droga devasta famílias inteiras, não só quem utiliza, mas também todos os que estão ao redor. Lutar contra ela é lutar contra o crime organizado e, para isso, precisamos unir as forças, as instituições e os poderes. Precisamos trabalhar junto com a inteligência, a prevenção, a investigação e a repressão. Este é nosso trabalho diário e será ampliado e reforçado a partir de agora”, acrescentou.

De acordo com o Ministério, o Relatório Mundial sobre Drogas de 2021 aponta que 275 milhões de pessoas usam drogas no mundo. Além disso, 36 milhões sofreram de transtornos associados ao uso de drogas naquele mesmo ano. Sem contar o aumento do comércio de drogas, que tem estimativa anual de circulação de US$ 315 milhões.

“A Narco Brasil é uma das estratégias deste Ministério para fechar o cerco ao crime organizado por meio da união das forças policiais da União e dos estados, pois sabemos do efeito devastador que o consumo de drogas causa não só para quem usa como também para as famílias”, afirmou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres.