Agência de PG é a 4ª que mais emprega no Paraná

Qualificação, captação de vagas e atendimento no Terminal Central tiveram impacto direto no resultado

Município realizou dois feirões do Emprego e Renda neste ano, contribuindo para o aumento nas colocações no mercado
Município realizou dois feirões do Emprego e Renda neste ano, contribuindo para o aumento nas colocações no mercado -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Qualificação, captação de vagas e atendimento no Terminal Central tiveram impacto direto no resultado

Diversos motivos levaram Ponta Grossa estar entre as cinco cidades do Paraná no ranking nacional das Agências do Trabalhador que mais colocaram trabalhadores em empregos formais, de janeiro a abril de 2022,  através da intermediação de mão de obra. De acordo com o poder público municipal, ações internas e externas foram diferenciais importantes para colocar a cidade em na 8ª colocação no país neste ranking.

 Dados do Ministério do Trabalho e Previdência, filtrados pela Secretaria de Justiça, Família e Trabalho, divulgados neste mês,  apontaram que, no primeiro quadrimestre deste ano, a Agência do Trabalhador de Ponta Grossa empregou um total de 1.227 pessoas, ficando em quarto lugar no Paraná. No ranking estadual, Cascavel ficou em primeiro, com 1.598 colocações; Curitiba em segundo (1.561); e em terceiro Foz do Iguaçu (1.381).

“Em Ponta Grossa, a melhor política pública é a geração de emprego. Devido a isto, atuamos em diversas frentes para a promoção de vagas no mercado de trabalho e renda. Com este resultado no ranking estadual e nacional, percebemos que Ponta Grossa está no caminho certo, com programas e iniciativas que impactam na vida das pessoas”, disse a prefeita Elizabeth Schmidt. 

O secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, José Carlos Loureiro Neto, avalia que os investimentos municipais em capacitação são um dos importantes fatores para uma maior inserção no mercado de trabalho. “A Prefeitura conta com diversas ferramentas de qualificação profissional e parcerias com o Senac, Sesi e Senai, por exemplo, com o intuito de atender as demandas dos empregadores. Entendemos que a carência de mão de obra preparada, prejudicava muito nas seleções e que atualmente já vemos uma sensível melhora”, disse.

O diretor da Agência do Trabalhador, Nilton Gomes, aponta que ações externas também fomentam este resultado positivo para a Agência. Segundo ele, a entidade conta atualmente com uma estrutura e pessoal para buscar vagas nas empresas, para serem disponibilizadas para a população. “Estamos em constante contato com o empresariado ponta-grossense para que as oportunidades de emprego sejam disponibilizadas pela Agência. Desta forma, em muitos casos, conseguimos encaminhar os trabalhadores com o perfil desejado não apenas pelo currículo cadastrado, mas pelo controle das capacitações efetuadas pelos munícipes, condizentes com a necessidade de conhecimento e experiência para a vaga”, explica o diretor.

Ações externas contribuíram para o resultado em 2022 

Segundo o secretário municipal José Loureiro Neto,  em relação às ações externas destaca-se a Agência do Trabalhador Móvel, que é realizada toda a quinta-feira, no Terminal Central. Loureiro salienta que através deste Programa, a entidade vai até o munícipe, semanalmente, em local em que passam milhares de pessoas. “Levando diversos serviços disponíveis pela Agência, como outros que auxiliam os candidatos a conquistar uma vaga de emprego como a formatação de currículo e corte de cabelo grátis, por exemplo”, finaliza José Loureiro.