Semana do Meio Ambiente enriquece alunos e professores

Mestres da rede municipal e alunos de Ponta Grossa estudaram diversos temas durante a Semana Municipal do Meio Ambiente

Com atividades com alunos e professores, vários profissionais da Educação tiveram a oportunidade de realizar novas formações na área, visando aprimorar o ensino e a aprendizagem nas escolas.
Com atividades com alunos e professores, vários profissionais da Educação tiveram a oportunidade de realizar novas formações na área, visando aprimorar o ensino e a aprendizagem nas escolas. -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Mestres da rede municipal e alunos de Ponta Grossa estudaram diversos temas durante a Semana Municipal do Meio Ambiente

A formação continuada dos professores da rede municipal de ensino, que ocorre periodicamente, ganhou nesta semana um reforço, durante a realização da Semana Municipal do Meio Ambiente. Com atividades com alunos e professores, vários profissionais da Educação tiveram a oportunidade de realizar novas formações na área, visando aprimorar o ensino e a aprendizagem nas escolas.

Após uma série de atividades na semana, nesta sexta (10) professoras da área de Geografia participaram de uma atividade sobre os arroios de Ponta Grossa, realizada no Centro de Educação Ambiental (CEA), localizada no Lago de Olarias. Elas debateram questões como a localização, qualidade da água, infraestrutura e formas de envolver os alunos com este tema em sala de aula.

Andreia de Oliveira, coordenadora de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente, considera que todas as atividades da Semana se encontram com a necessidade da preservação ambiental no município. "A gente só começa a cuidar daquilo que a gente conhece. Tudo o que está sendo feito é para que a sociedade como um todo possa conhecer melhor o meio ambiente e saiba levar em consideração tudo isso em prol de uma melhor qualidade de vida", considera.

Ao longo da semana, foram realizados trabalhos intensivos junto a alunos e professores da rede estadual e municipal. "Tanto alunos quanto professores são multiplicadores de conhecimento. Quando trazemos isso a eles e também a forma como cuidar do seu espaço, eles multiplicam para a sociedade como um todo. A importância principal é conhecer para aprender a  melhor cuidar daquilo que é nosso", acredita Andreia.

Bernadete Aparecida da Maia é professora na Escola Deodoro Alves Quintiliano há 37 anos e não se cansa de aprender no processo formativo. "É muito válido. As coisas não envelhecem, elas acontecem e sempre se renovam. Se não aproveitar as formações, você para. Então é muito válido e eu gosto", conta. Em relação ao meio ambiente, ela considera que os alunos demonstram ser muito conscientes. "Até pelas conversas que temos com eles, quando eles têm liberdade para falar, pois eles têm muito acesso à informação e isso faz com que eles questionem". Ela cita como exemplo o Rio Cará-Cará, próximo da escola. Na observação deles, o rio parece estar "sumindo". "Ainda há alguns dias eles questionaram. Então existe esse pensamento deles e as noções que eles têm sobre sustentabilidade, da qualidade de vida deles em relação ao meio ambiente. O pensamento crítico deles tem que ser bem trabalhado e instigado para que eles tenham uma opinião a respeito do que está ocorrendo em volta deles", considera a professora.

Professores aprendem

Jéssica Honiski Morais Schamne é professora desde fevereiro de 2022 e tem participado de uma rotina de formações profissionais, como a que ocorreu sobre meio ambiente no Lago de Olarias. Ela considera que todas as atividades têm sido muito proveitosas. "Especialmente porque não sou natural daqui, então para mim tem sido muito rico", conta Jéssica, que é natural de Palmeira e leciona na Escola Municipal Mário Braga Ramos. Ela acredita que as formações contribuem para que os professores tenham domínio e vivência para ensinar aos alunos. "A gente está visitando vários locais, então fica mais fácil de ensinar aos alunos, porque a gente conhece, visita. Temos o processo formativo e aprendemos para poder passar a eles, tornando mais fácil o processo de ensino para o nosso aluno".

Com informações da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa