Cidatec, do EstaR Digital, será alvo de nova CPI na Câmara

A empresa Cidatec Tecnologia e Sistema Ltda, responsável pela implantação e manutenção do EstaR Digital em Ponta Grossa, será alvo de nova CPI. O propositor é o vereador Izaías Salustiano (PSB).

Vereador Izaías Salustiano (PSB).
Vereador Izaías Salustiano (PSB). -

Rodolpho Bowens

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A empresa Cidatec Tecnologia e Sistema Ltda, responsável pela implantação e manutenção do EstaR Digital em Ponta Grossa, será alvo de nova CPI. O propositor é o vereador Izaías Salustiano (PSB)

A empresa Cidatec Tecnologia e Sistema Ltda, responsável pela implantação e manutenção do Estacionamento Regulamentado Digital em Ponta Grossa, será alvo de nova Comissão Parlamentar de Inquérito da Câmara Municipal. O propositor da comissão é o vereador Izaías Salustiano (PSB).

Em discurso na tribuna da Casa, na quarta-feira (26), o vereador ressaltou que é preciso aprofundar a investigação sobre a empresa, uma vez que já é de conhecimento do Judiciário, em processo na esfera criminal, que a Cidatec pagou propina para direcionamento do relatório da primeira CPI que apurou o contrato do EstaR Digital no Legislativo, o que levou à prisão dos sócios da empresa e do vereador Walter José de Souza, o Valtão, que nesta semana renunciou ao mandato.

Três sócios da empresa, Alberto Abujamra Neto, Antonio Carlos Domingues de Sá e Celso Ricardo Madrid Finck, estão em prisão domiciliar, por determinação da Justiça. O processo ainda está em curso e o Gaeco continua com a investigação. A Operação Saturno promoveu as prisões e cumpriu mandatos de busca e apreensão dos envolvidos no último dia 15 de dezembro.

Izaías disse ainda que é necessário investigar se há outros contratos entre a Cidatec e órgãos municipais, bem como verificar se existe algum vínculo da Cidatec com a empresa Tecno Inovais Sistema de Informação - DF System. Segundo o vereador, há indícios de que as duas empresas tenham as mesmas pessoas no quadro societário.

O relatório final da primeira CPI do EstaR Digital, produzido por Valtão, também deve ser alvo da nova CPI. Izaías quer identificar exatamente quais pontos foram alterados, a pedido da empresa, que levou ao pagamento da propina para direcionamento.

O requerimento para a instalação da CPI deve ser apresentado com todas as assinaturas necessárias para a abertura na próxima semana.

Informações: Blog Do Doc.

Assuntos semelhantes:

CPI da VCG oficializa presidente e relator da Comissão.

Câmara discute a nomeação de ruas de Ponta Grossa.

Jairton entrega moção para Associação Reviver.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right