Justiça dá 48 horas para VCG pagar salários atrasados

Empresa tem até sexta-feira para acertar os salários atrasados dos funcionários sob risco de receber multa diária de R$ 10 mil

Se pagamento não for realizado até domingo, ônibus não vão circular na segunda-feira
Se pagamento não for realizado até domingo, ônibus não vão circular na segunda-feira -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Empresa tem até sexta-feira para acertar os salários atrasados dos funcionários sob risco de receber multa diária de R$ 10 mil

A Justiça do Trabalho de Ponta Grossa concedeu parecer favorável ao Sintropas e determinou que a Viação dos Campos Gerais (VCG) efetue o pagamento dos salários atrasados dos trabalhadores, no prazo de 48 horas, sob pena de multa diária de R$ 10 mil, limitada a 30 dias. A decisão foi expedida na quarta-feira (27) pela juíza Christiane Bibatti.

LEIA MAIS: Sindicato aprova greve e ônibus param no dia 1º

A ação foi ajuizada no dia 12 de janeiro pelo sindicato, que utilizou como sustentação atrasos anteriores por parte da empresa do transporte coletivo e o descumprimento, da mesma, do acordo firmado com os colaboradores. “A reclamada não efetuou o pagamento da segunda parcela do 13º salário de 2020 e não quitou o vale alimentação. Alega descumprimento do ACT realizado em abril de 2020, ocasião na qual as partes negociaram o parcelamento dos salários”, conforme consta na liminar.

No entanto, mesmo que a VCG regularize o salário correspondente a dezembro, conforme determinação do judiciário, se o pagamento referente a janeiro não for depositado aos trabalhadores até o 5º dia útil de fevereiro, a categoria vai deflagrar greve. O indicativo foi aprovado por unanimidade durante assembleia realizada às 5h desta quinta-feira (28), juntamente com a autorização do dissídio coletivo.

Caso a empresa não pague o salário atrasado equivalente a dezembro até domingo (31), na segunda-feira não haverá transporte coletivo circulando em Ponta Grossa.

Com informações da assessoria de imprensa.