Castrolanda cresce 16,1% e faturamento supera R$ 3,3 bi

Setor de lácteos foi o responsável por 32% do faturamento. Número de cooperados passou de 876 para 961 


A Castrolanda, maior cooperativa agroindustrial dos Campos Gerais, e uma das maiores do Sul do Brasil, manteve a sua trajetória de crescimento anual em 2018. No acumulado dos 12 meses, a cooperativa sediada em Castro contabilizou R$ 3,38 bilhões de faturamento, valor que representa um crescimento de 16% sobre os R$ 2,91 bilhões registrados em 2018. Os números estão no Relatório Anual divulgado recentemente pela Castrolanda.

Apesar de ser um crescimento expressivo, a Cooperativa, que tem um forte viés na Pecuária, revela que não foi um ano tão fácil como os números podem sugerir. Além do período de greve no transporte, de dez dias, que causou perdas incalculáveis aos produtores e às indústrias das cooperativas, outros fatores externos influenciaram diretamente no mercado. “Além dos riscos inerentes à produção agropecuária, como as adversidades climáticas, os mercados internos e externos exigiram nossa atenção, especialmente na cadeia de suínos. O embargo da Rússia, principal importadora da carne suína produzida no Brasil, provocou reflexos no mercado doméstico visto o excesso da oferta dentro do país”, descreveu o Conselho de Administração.

Foi um ano, contudo, de grande variação no número de cooperados. Ao final de 2017 eram 876 no total, número que saltou para 961 em 2018, ou seja, houve um incremento de 9,70%. Também cresceu o número de colaboradores da Castrolanda, de 3.153 para 3.216.

Entre todos os setores de atuação da Cooperativa, o de lácteos foi o que mais rendeu para a cooperativa. Somente ele foi responsável por 32% da receita líquida da cooperativa, atingindo a marca de R$ 1 bilhão. Na sequência apareceu o setor agrícola, com 21% do total, ou o equivalente a R$ 650 milhões, seguido de perto pelo setor de carnes R$ 565,3 milhões. Tanto a produção de leite quando a de suínos cresceram, de 319,2 milhões de litros para 325 milhões de litros; e de 42,6 mil toneladas para 43,3 mil toneladas, respectivamente. 


Valor triplicou em oito anos

O faturamento da Castrolanda Cooperativa Agroindustrial cresceu exponencialmente desde 2010. Se em 2009 ainda sequer tinha atingido R$ 1 bilhão, no ano seguinte chegou a R$ 1,01 bilhão. Desse momento até 2018, em oito anos a cooperativa registrou uma alta de 234%, ultrapassando pela primeira vez a cifra de R$ 3 bilhões. Esse valor a consolida como a maior cooperativa dos Campos Gerais, seguida pela Frísia, que registrou um faturamento de R$ 2,66 bilhões, e que na sequência aparece a Capal, que registrou faturamento de R$ 1,42 bilhões. Todas essas cooperativas, que compõem e ‘intercooperação’, registraram crescimento em 2018, na casa dos dois dígitos.


Melim faz show em PG nesta semana

Melim faz show em PG nesta semana...

PR fomenta o turismo com os Jogos da Aventura e Natureza

PR fomenta o turismo com os Jogos da Aventura e Natureza...

Capa da edição desta terça-feira (13/08/2019) do JM

Capa da edição desta terça-feira (13/08/2019) do JM...

A Ferroeste fora dos trilhos

A Ferroeste fora dos trilhos...

Polo Tecnológico de PG

Polo Tecnológico de PG...

Charge da edição desta terça-feira (13/08/2019) do JM

Charge da edição desta terça-feira (13/08/2019) do JM...

Confira o seu horóscopo para esta terça-feira (13/08)

Confira o seu horóscopo para esta terça-feira (13/08)...

Moto bate em poste e piloto morre na hora

Moto bate em poste e piloto morre na hora...

Vagas na Agência do Trabalhador para terça-feira (13/08)

Vagas na Agência do Trabalhador para terça-feira (13/08)...

Vans do transporte escolar terão que instalar câmeras

Vans do transporte escolar terão que instalar câmeras...

UEPG abre inscrições para o Processo Seletivo Seriado

UEPG abre inscrições para o Processo Seletivo Seriado...

Castro intensifica campanha de vacinação contra o sarampo

Castro intensifica campanha de vacinação contra o sarampo...

Coluna RC desta terça-feira (13/08)

Coluna RC desta terça-feira (13/08)...

Centro de Eventos de PG pode virar Polo Tecnológico

Centro de Eventos de PG pode virar Polo Tecnológico...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS