Caixa reduz os juros para financiamento de imóveis

Juros passam a ser  a partir de 6,25% + TR. Na comparação com 2 anos atrás, parcela inicial fica 25% mais barata


A partir da próxima semana, quem quiser comprar uma casa própria, com financiamento da Caixa Econômica, pagará menos nas prestações e contará com alguns outros diferenciais. O banco anunciou, nesta quarta-feira (14), diversas novidades pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), com destaque para taxas menores, de até 0,5 pontos percentuais nos juros, que passarão a variar a partir de Taxa Referencial (TR) mais 6,25%. Entre outras medidas anunciadas estão carência de 6 meses em novos contratos (para contratação de imóveis novos), pagamento parcial da prestação (a mutuários com dificuldade para retomarem o pagamento integral das parcelas), originação digital e feirão da cada própria online. 

Durante a apresentação, houve um detalhamento da redução da taxa de juros e as novidades empregadas desde o segundo semestre de 2018. Desde dezembro, por exemplo, a Caixa reduziu os juros nos financiamentos da casa própria em 2,5 pontos percentuais – antes, o mutuário pagava TR mais 8,75% ao ano, como menor taxa. Para exemplificar em números os impactos dessas mudanças, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, apresentou o impacto da medida em uma simulação de financiamento de R$ 200 mil em 360 meses (30 anos), na taxa mais barata oferecida pelo banco. 

Na simulação, com as taxas de dezembro de 2018 TR + 8,75% ao ano, a prestação inicial, era de R$ 1.958,48 para financiamento. Já a partir do dia 22 de outubro, quando entra em vigor o novo pacote anunciado, para a mesma simulação, com a taxa em 6,25%, a parcela ficou 25% mais barata, caindo para R$ 1.568,52. Já na outra modalidade, nas linhas de crédito corrigidas pela taxa de inflação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que cobram IPCA mais 2,95% ao ano, a diferença é maior: a prestação inicial para os novos contratos está em R$ 1.040,70, ou seja, 46% a menos que os valores de 2018. 

Com as novas medidas anunciadas nesta quarta-feira, o banco estima conceder mais de R$ 14 bilhões em crédito imobiliário pelo SBPE (que é o que financia imóveis para a classe média com recursos da poupança) até o fim deste ano. 


Contratos terão carência

Guimarães também anunciou a prorrogação da possibilidade de carência de seis meses para que o mutuário comece a pagar as prestações dos novos contratos imobiliários. Na compra de imóveis novos, as pessoas físicas passarão os primeiros 180 dias pagando apenas os seguros e a taxa de administração do contrato. A medida vale para as contratações efetuadas até 30 de dezembro e, de acordo com a Caixa, pode beneficiar mais de 30 mil clientes até o fim do ano. “Isso é muito importante, porque ainda estamos com os efeitos da pandemia. Apesar de o preço dos imóveis estarem se recuperando, entendemos que há enorme espaço para a população continuar a realizar seu investimento na casa própria”, declarou Guimarães.

Confira as vagas de emprego desta segunda-feira (22/03)

Confira as vagas de emprego desta segunda-feira (22/03)...

Confira seu horóscopo para este domingo (21/03)

Confira seu horóscopo para este domingo (21/03)...

Tonalidades que prometem aquecer os dias mais frios!

Tonalidades que prometem aquecer os dias mais frios!...

Confira a Coluna RC deste sábado (20-03)

Confira a Coluna RC deste sábado (20-03)...

Confira seu horóscopo para este sábado (20/03)

Confira seu horóscopo para este sábado (20/03)...

Projeto busca tornar exercícios físicos essenciais na pandemia

Projeto busca tornar exercícios físicos essenciais na pandemia...

Comércio de PG reage e cobra respostas urgentes

Comércio de PG reage e cobra respostas urgentes...

Capa da edição deste fim de semana (20, 21 e 22/03/2021) do JM

Capa da edição deste fim de semana (20, 21 e 22/03/2021) do JM...

‘Sessões’ da Câmara permanecem presenciais

‘Sessões’ da Câmara permanecem presenciais...

Já estamos nos acréscimos no país do futebol

Já estamos nos acréscimos no país do futebol...

Concessão induz o crescimento da economia do Paraná

Concessão induz o crescimento da economia do Paraná...

A rotina dos profissionais do Pronto Atendimento do HU

A rotina dos profissionais do Pronto Atendimento do HU...

Alep destina recursos para compra de vacinas no Paraná

Alep destina recursos para compra de vacinas no Paraná...

Empresários de PG pedem reabertura do comércio

Empresários de PG pedem reabertura do comércio...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS