Atletas do Sepam se destacam no basquete

Defendendo o NBPG, aluno do colégio foi eleito MVP da competição

time de Ponta Grossa terminou com o troféu de terceiro lugar, ficando atrás apenas do Inter/Santos e Minas Tênis Clube.
time de Ponta Grossa terminou com o troféu de terceiro lugar, ficando atrás apenas do Inter/Santos e Minas Tênis Clube. -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Cinco alunos do Colégio Pontagrossense Sepam tiveram participação fundamental na conquista do 3º lugar do Novo Basquete Ponta Grossa (NBPG) na Copa Sul-Americana de Basquete, categoria sub-15, realizada em Campos do Jordão (SP). Dentre eles, destaque para Miguel Machado, 15 anos de idade, que além de conquistar o título de MVP (jogador mais valioso) e escolhido para fazer parte do quinteto ideal, também foi o cestinha do torneio.

A Copa Sul-Americana, realizada entre os dias 10 e 15 de julho, contou com 16 equipes participantes, num total de 160 atletas. O time de Ponta Grossa terminou com o troféu de terceiro lugar, ficando atrás apenas do Inter/Santos e Minas Tênis Clube. Mesmo não conseguindo a medalha de ouro com o time, Machado afirma estar contente com os resultados e o desempenho individual e da equipe. “Fiquei feliz de ver minha evolução, comparando-se ao ano passado, e perceber que cada segundo de treino valeu a pena”, ressalta o atleta, que treina em torno de 3 horas por dia, de segunda a sexta-feira.

Estudante do Sepam desde a Educação Infantil, foi pela instituição que Machado teve os primeiros contatos com partidas oficiais de basquete, participando dos Jogos Estudantis Municipais (JEM). Ele, assim como outros quatro atletas que fizeram parte do time titular do NBPG na Copa Sul-Americana, representa o Sepam em outras competições e divide a rotina entre estudos e treinamentos.

“O Sepam me dá um suporte grande para que eu consiga conciliar minha rotina. Quando viajo a jogos, por exemplo, os professores são compreensivos. Foi com o Colégio que tive os meus primeiros jogos e aprendi realmente como é a dinâmica de uma partida. Sem contar que os valores que aprendo nos estudos, como disciplina, foco, constância e respeito aos professores, e com os demais colegas, eu também busco colocar em prática estando em quadra”, ressalta o garoto.

Para o coordenador de esportes do Sepam, Ben Hur Chiconato, o fato de cinco atletas do Colégio comporem a equipe sub-15 do NBPG demonstra a excelência da instituição em incentivar os alunos a praticarem esporte. Além de Machado, os estudantes que participaram da competição foram Felipe Weirich, Enzo Jacintho, Arthur Bosi e Valério Nabozny.

“Os garotos que participam da equipe do NBPG treinam em alto nível de rendimento, todos os dias. Neste sentido, o Colégio é parceiro para atender às demandas necessárias dos atletas e oferece condições de treino também na instituição, para que possam aprimorar suas habilidades. Ficamos contentes em vê-los representando Ponta Grossa numa competição de nível como esta”, sustenta Chiconato.

Trajetória esportiva de Machado

Machado possui 1,92m de altura e joga na posição de ala. Ao longo dos cinco anos de experiência como atleta, acumula títulos importantes no currículo, como o 2º lugar no Campeonato Paranaense sub-19, em 2022, e o 1º lugar na Taça Joinville sub-12, em 2018.

O início da trajetória de Machado como atleta ocorreu por influência dos pais e irmãos que também jogam basquete. Dessa forma, desde criança, ele se interessou por essa modalidade esportiva. “Nas minhas primeiras memórias, o basquete já estava presente em minha vida. Comecei a treinar com 10 anos já pelo time da cidade e também no Sepam, e hoje o esporte representa a maior parte da minha rotina. Tenho o sonho de me tornar jogador profissional”, destaca.

Prestes a disputar o Campeonato Brasileiro na segunda semana de agosto, Machado está esperançoso em novamente obter um bom desempenho. Ele e os demais atletas desembarcam em Belo Horizonte (MG) para disputarem as partidas.

Miguel Machado que além de conquistar o título de MVP (jogador mais valioso) e escolhido para fazer parte do quinteto ideal, também foi o cestinha do torneio.
Miguel Machado que além de conquistar o título de MVP (jogador mais valioso) e escolhido para fazer parte do quinteto ideal, também foi o cestinha do torneio. |  Foto: Divulgação
 

Conteúdo de marca

Quero divulgar right