Fantasma empata fora de casa com o Sampaio Corrêa

Destaque da partida ficou para Paulo Sérgio que voltou a marcar após oito partidas na seca de gols

A partida foi válida pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.
A partida foi válida pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. -

Andre Bida

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Destaque da partida ficou para Paulo Sérgio que voltou a marcar após oito partidas na seca de gols

O Operário Ferroviário empatou por 1 a 1 com o Sampaio Corrêa, na tarde deste sábado (30), no Estádio Castelão, em São Luís, capital do Maranhão. A partida foi válida pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o ponto fora de casa, o Operário está na 12ª colocação da Série B com 5 pontos. Enquanto o Sampaio é o 10º com os mesmos 5 pontos.

Próxima partida

O próximo do Fantasma acontece no próximo sábado (7), às 16h30, contra o Criciúma, no Germano Krüger, em Ponta Grossa.

Como foi a partida

Com sete mudanças, o time do Operário demorou alguns minutos para conseguir entrar na partida. Neste período, o Sampaio Corrêa foi mais perigoso e criou algumas chances de abrir o placar logo, no primeiro minuto e aos 10 minutos. 

A partir dos 15 minutos, o Fantasma entrou na partida, igualou o duelo e iniciou as tentativas de fazer o gol. Tanta insistência Alvinegra rendeu. Aos 33 minutos, Paulo Sérgio achou Felipe Garcia na área, que acabou sendo derrubado, pênalti para o Fantasma. Paulo Sérgio bateu, abriu o placar e voltou a fazer gol após oito partidas na seca. Para fechar a primeira etapa, Tomas Bastos quase marcou um gol olímpico ao bater uma cobrança de escanteio.

Na segunda etapa, o adversário voltou melhor e criando chances perigosas. Em um cruzamento de Ygor Catatau, Rafael Vila só empurrou para o fundo das redes  empatando a partida. Depois do gol, o Sampaio foi mais agressivo até os 25 minutos.

A reta final da partida foi equilibrada e os dois times tiveram chances de marcar o gol. Os destaques do Operário foram as chances de Silvinho, duas vezes, e Paulo Sérgio, mas o placar ficou inalterado.

Gols da partida

Sampaio Corrêa: Rafael Vila (9 minutos / 2ºtempo)

Operário: Paulo Sérgio (35 minutos / 1º tempo)

Escalações

Sampaio Corrêa: Luiz Daniel, Mateusinho, Pedro Carrerete, Joécio, Lucas Hipólito, André Luiz (Renatinho), Lucas Araújo (Maurício), Rafael Vila (Eloir), Pimentinha, Eron (Gabriel Poveda) e Ygor Catatau (Andrey).

Operário: Vanderlei, Lucas Mendes, Alemão, Willian Machado, Fabiano, Ricardinho (Rafael Chorão), Marcelo (André Lima), Tomas Bastos (Giovanni Pavani), Felipe Garcia (Júnior Brandão), Paulo Sérgio e Felipe Saraiva (Silvinho);

Arbitragem da partida

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)

Assistente 1: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

Assistente 2: Michael Correia (RJ)

Quarto Árbitro: Paulo José Souza Mourão (MA)

VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

AVAR: Diogo Carvalho Silva (RJ)

Conteúdo de marca

Quero divulgar right