Mancha Verde PG emite nota sobre morte de Marcinho

Marcinho estava indo para Montevidéu, capital do Uruguai, onde iria assistir a final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo

Marcinho estava indo para Montevidéu, capital do Uruguai, onde iria assistir a final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo
Marcinho estava indo para Montevidéu, capital do Uruguai, onde iria assistir a final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Marcinho estava indo para Montevidéu, capital do Uruguai, onde iria assistir a final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo

A subsede ponta-grossense da torcida Mancha Verde emitiu uma nota oficial sobre a nota de seu presidente Marcinho. Ele morreu após sofrer uma descarga elétrica na madrugada desta sexta-feira (26) em Porto Alegre. Marcinho estava indo para Montevidéu, capital do Uruguai, onde iria assistir a final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo

"A Mancha Ponta Grossa infelizmente vem por meio dessa, informar o falecimento do nosso liderança Marcinho. Em breve divulgaremos maiores informações. Valeu por você existir, amigo! Te amo pra sempre meu irmão", diz o comunicado publicado na página oficial do Facebook.

Sobre o caso

Marcinho, presidente da Mancha Verde de Ponta Grossa, morreu após sofrer uma descarga elétrica na madrugada desta sexta-feira (26) em Porto Alegre. De acordo com informações a Brigada Militar (BM) e com o Corpo de Bombeiros, a suspeita é de que o acidente tenha acontecido enquanto ele escalava um poste que sustenta a fiação elétrica.

Moradores da região ouvidos pelas autoridades de segurança contaram que, por volta das 3h, ouviram um estouro e, em seguida, houve queda de luz. Quando a energia voltou, encontraram o corpo de Marcinho pendurado a partir do topo do poste.

A causa provável da morte é eletrocussão: morte por descarga elétrica. Ainda não há informações sobre o translado do corpo para Ponta Grossa.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right