PUBLICIDADE

Filas para o litoral do Paraná chegam a 12 km nesta quinta-feira

Últimas atualizações indicam filas nas rodovias BR-376 e BR-277; motoristas precisam ter paciência no trânsito

Nos últimos dias, rodovias que dão acesso ao litoral têm registrado trânsito intenso
Nos últimos dias, rodovias que dão acesso ao litoral têm registrado trânsito intenso -

Rodolpho Bowens

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O trânsito para o litoral do Paraná continua registrando filas nesta quinta-feira (29), tanto na BR-376 como na BR-277, rodovias que enfrentam problemas no tráfego desde os deslizamentos e desmoronamentos registrados em outubro e novembro - relembre as situações noticiadas pelo Portal aRede e Jornal da Manhã aqui.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no início desta manhã, a BR-277 registrou 12 km de fila no sentido litoral. Já no sentido Curitiba (PR), não havia congestionamento.

Na BR-376, ainda de acordo com a PRF, motoristas que trafegam sentido litoral enfrentavam fila de 7 km também no início da manhã desta quinta - as atualização sobre as rodovias que ligam ao litoral do estado podem ser conferidas no Twitter da Polícia Rodoviária Federal do Paraná.

Deslizamentos poderiam ser evitados

Um estudo contratado pela Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP-PR) identificou que os incidentes geológicos registrados na BR-277 e na Estrada da Graciosa poderiam ter sido evitados. A conclusão foi publicada pelo geólogo Elbio Pellenz, especialista em Geologia da Engenharia e que integrou o Serviço Geológico do Paraná (Mineropar).

Em sua análise, o estudioso ressaltou que o monitoramento contínuo, com inspeções rotineiras e uso de instrumentos como telemetria contínua e sistema de alarmes, poderiam eliminar ou minimizar as consequências dos deslizamentos - reveja toda a análise acessando aqui.

Com informações: TNOnline.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE