PUBLICIDADE

Trânsito segue lento nesta quarta em estradas que cortam Curitiba

Desvio operacional que acontece nos quilômetros 39 e 42 da BR-277 provoca 13 quilômetros de fila no sentido Curitiba e 10 no sentido Litoral

Estrada da Graciosa está em pare-e-siga
Estrada da Graciosa está em pare-e-siga -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Desde as primeiras horas da manhã, a quarta-feira (21) é marcada por lentidão nas estradas que cortam Curitiba. Na BR-277, por exemplo, há lentidão na Serra de São Luiz do Purunã e também na Serra do Mar. Já a BR-376, que teve o fluxo de veículos liberado por volta das 11 horas, sente os reflexos do alto movimento.

Na BR-227, segundo informações do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), um tombamento deixou o trânsito lento em São Luiz do Purunã. O acidente aconteceu no quilômetro 112 e provocava, por volta das 12h20, 9 quilômetros de lentidão.

Também na rodovia, mas no trecho que liga a capital ao Litoral do Estado, lentidão nos dois sentidos. Segundo o DER, o desvio operacional que acontece nos quilômetros 39 e 42 provoca 13 quilômetros de fila no sentido Curitiba e 10 no sentido Litoral.

A Estrada da Graciosa também tem trânsito lento, em especial na altura do quilômetro 7. A rodovia foi reaberta parcialmente na tarde de terça-feira (20). Foi organizada uma operação pare-e-siga nno trecho danificado pelas chuvas e quedas de barreira.

BR-376

Na BR-376, com a liberação da pista, há 4 quilômetros de fila no sentido Curitiba e 500 metros no sentido Santa Catarina. A rodovia continua a ser operada parcialmente numa distância de 800 metros do trecho do km 668,7, sendo disponibilizada uma faixa no sentido sul, para quem segue em direção a Florianópolis, e uma faixa no sentido norte, para quem vai sentido Curitiba.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE