PUBLICIDADE

MP pede que Damares esclareça denúncias de crimes sexuais

Ex-ministra disse, em culto evangélico, que bebês e crianças são vítimas de crimes sexuais na Ilha de Marajó, no Pará

Ex-ministra disse, em culto evangélico, que bebês e crianças são vítimas de crimes sexuais na Ilha de Marajó, no Pará
Ex-ministra disse, em culto evangélico, que bebês e crianças são vítimas de crimes sexuais na Ilha de Marajó, no Pará -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O Ministério Público Federal (MPF) enviou ofício à Secretaria Executiva do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos para que esclareça sobre as informações de supostos abusos sexuais cometidos na Ilha de Marajó (PA), conforme a ex-ministra Damares Alves relatou neste domingo (9) em um culto evangélico. Nunca houve denúncia formal feita por Damares das coisas que ela relatou durante o culto. O MPF pede que o ministério, então, apresente os supostos casos descobertos para que as providências possam ser tomada.

A presença de diversas crianças na plateia  não parece ter constrangido a ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos a expor detalhes de casos de violência e abuso sexual. Durante sua pregação na Assembleia de Deus, em Goiânia (GO), a futura senadora do Distrito Federal afirmou que tomou conhecimento de tráfico de crianças na Ilha de Marajó. A ilha foi cenário de diversas ações do ministério durante a sua gestão.

Damares detalhou abertamente os casos de abusos sexuais para os ouvintes, inclusive para as crianças que participavam do momento religioso.

As informações são do portal Congresso em Foco

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE