PUBLICIDADE

Ratinho Júnior vota ‘animado' e reforça apoio a Bolsonaro

Vestido com camisa da seleção e com familiares, candidato do PSD esbanja confiança

Governador Ratinho Júnior vê boas chances de reeleição no primeiro turno.
Governador Ratinho Júnior vê boas chances de reeleição no primeiro turno. -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Por volta das 9h deste domingo (2) o governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), chegou para votar na Escola Municipal dos Vinhedos, no bairro Santa Felicidade, em Curitiba. Acompanhado da família e de apoiadores, ele não escondeu a confiança na sua reeleição, algo que vem sendo indicado pelas pesquisas há semanas.

“Estamos animados com a possibilidade de reeleição, mas temos que aguardar se isso se confirma nas urnas”, declarou o governador, em declarações aos jornalistas presentes em seu local de votação.

Vestido com uma camisa personalizada da seleção brasileira, Ratinho Júnior entrou na cabine de votação com um dos filhos, e tão logo concluiu as suas escolhas na urna eletrônica, ele posou para fotos, novamente esbanjando otimismo. Aliás, sobre a urna eletrônica, o governador demonstrou confiança, sobretudo diante da chance de vencer no primeiro turno.

“É um indicativo (das pesquisas), porém isso só se confirma na urna. Tenho sim percebido nos eventos que a gente participou o apoio, e a pesquisa dá um retrato, mas não é uma certeza (…). Sempre confiei na urna eletrônica. É um debate que não acaba aqui. Temos que buscar sempre mais transparência e tecnologia ao eleitor”, completou.

Apoio a Bolsonaro

Questionado sobre o cenário envolvendo o pleito presidencial e legislativo, Ratinho Júnior adotou o tom de serenidade, reforçando o apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL) e o diálogo “com quem quer que vença”, em um cenário que venha a ter a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).
“Da mesma forma respeitosa, espero que o nosso candidato, o presidente Bolsonaro, venha a se eleger. É uma eleição bem polarizada e, dependendo de hoje, temos que ver se haverá segundo turno. Independente disso, espero ter um bom relacionamento, o Paraná é um estado muito forte e, quem quer que seja eleito, deve respeitar o nosso estado”, afirmou.

Com informações da Banda B, parceira do Portal aRede

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE