PUBLICIDADE

Radar em teste identifica motos barulhentas no Paraná

Protótipo ainda não gera autuações, mas ajuda o Poder Público a identificar locais e áreas com maior índice de ruídos e veículos irregulares

Proposta busca registrar os abusos, indo do som alto, até a alteração de escapamento
Proposta busca registrar os abusos, indo do som alto, até a alteração de escapamento -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Uma nova tecnologia da empresa Perkons está sendo testada em Curitiba e a expectativa é que em breve esteja aprovada para ser aplicada em todo o Brasil com a proposta de identificar condutores barulhentos em desacordo com a legislação.

A solução já é utilizada em países como a França, que fiscaliza e autua motoristas e motociclistas irregulares. A proposta busca registrar os abusos, indo do som alto, até a alteração de escapamento. “Esse é o primeiro equipamento em teste no Brasil, aqui em Curitiba. Próximos passos envolvem a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), para que haja regulamentação deste equipamento no País”, explica Rosângela Batistella, superintendente municipal de trânsito da capital paranaense.

Os testes começaram em julho e registram, de forma automática, veículos com ruídos excessivos. Está instalado na Avenida Victor Ferreira do Amaral, uma importante e movimentada via da cidade. “Mesmo não havendo autuações, com base nas informações de perfil comportamental desses motoristas, registrado pelo equipamento, vamos conseguir identificar o horário de maior incidência e o tipo de veículo, para, assim, atuarmos com blitz educativas e de fiscalização”, reforça a superintendente.

Novos radares foram instalados na capital paranaense e estão em período de testes.
Novos radares foram instalados na capital paranaense e estão em período de testes. |  Foto: Divulgação/Perkons.
 

Tecnologia para trânsito amigável

Régis Nishimoto, diretor técnico da empresa Perkons, explica que o radar antirruído é um equipamento acoplado aos medidores eletrônicos de velocidade, e contam com um sistema de gravação de áudio e vídeo. “Após o registro, esses dados são cruzados com o reconhecimento da placa e, assim, é possível identificar qual veículo está irregular, seja com o som alto, escapamento irregular ou buzina excessiva. Curitiba sempre foi o berço das inovações para a segurança no trânsito. Há 30 anos a cidade recebeu a primeira lombada eletrônica do mundo, agora, novamente, a parceria Perkons e Prefeitura Municipal de Curitiba está na vanguarda, desenvolvendo mais uma solução para tornar a cidade cada vez mais inteligente”, reforça Nishimoto.

O equipamento foi desenvolvido em parceria com a Setran e a divulgação fez parte das ações do' Setembro da Mobilidade' e da 'Semana Nacional do Trânsito'. “Como ainda é uma tecnologia nova no País, o equipamento não gera multas aos condutores, mas a expectativa é que seja aprovado e regulamentado para que possa ser aplicado nas mais diversas cidades. A tecnologia pode ser uma importante aliada para as áreas de fluxo intenso, próximo a hospitais, escolas e áreas residenciais, ajudando a coibir o barulho excessivo e irregular, tornando o trânsito mais amigável e democrático”, completa o diretor técnico.

Com informações: assessoria de imprensa.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE