PUBLICIDADE

Sérgio Moro deve disputar cadeira no Senado pelo Paraná

Decisão veio após a rejeição do TRE-SP à mudança de domicílio eleitoral do ex-ministro do Paraná para São Paulo

Filiado ao União Brasil, o ex-juiz federal deve concorrer a vaga no Senado Federal
Filiado ao União Brasil, o ex-juiz federal deve concorrer a vaga no Senado Federal -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Decisão veio após a rejeição do TRE-SP à mudança de domicílio eleitoral do ex-ministro do Paraná para São Paulo

Após a rejeição do TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo a mudança de domicílio eleitoral de Sergio Moro do Paraná para São Paulo, o ex-ministro confirmou na noite desta terça-feira (7) que deve disputar uma vaga ao Senado Federal pelo Paraná. A informação foi confirmada à Banda B por amigo próximo de Moro.

Disputa com ex-aliado ao senado

Filiado ao União Brasil, o ex-juiz federal era antes integrante do Podemos, do senador Álvaro Dias, que deve concorrer à reeleição, e agora poderá ser adversário de Moro nas eleições de outubro de 2022.

Luciano Bivar, presidente do União Brasil, deve dar declaração oficial lamentando a decisão do TRE paulista e abrindo as portas do União Brasil no Paraná a Sérgio Moro.

Vale destacar que nas próximas eleições haverá apenas uma vaga de ao senado em disputa e o mandato é de oito anos.

Domicílio da esposa aprovado

Já a esposa dele, Rosangela Moro, não teve problemas com seu domicílio eleitoral e continua disputando a vaga para a Câmara Federal por São Paulo.

Moro teria refutado disputar como deputado federal pelo Paraná, para não atrapalhar a candidatura Deltan Dallagnol. O ex-procurador da Lava Jato já anunciou pré-candidatura a Câmara Federal pelo Podemos, ex-partido de Moro.

Embora não tenha confirmado, quando se filiou ao Podemos, umas das intenções de Moro era de candidatar-se à presidência da república. O ex-ministro aparecia nas pesquisas de intenção de voto como uma das opções da terceira via diante da polarização entre Lula e Bolsonaro.

Com informações: Banda B 

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE