PUBLICIDADE

Ocidente não fechou espaço aéreo e Zelensky se pronuncia

O presidente da Ucrânia acredita que decisão será tomada, mas chegará tarde

Presidente da Ucrânia Volodymyr Zelensky
Presidente da Ucrânia Volodymyr Zelensky -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O presidente da Ucrânia acredita que decisão será tomada, mas chegará tarde

O presidente Volodymyr Zelensky disse que os Estados Unidos e a Europa terão de explicar ao povo ucraniano porque preferiram deixar crianças morrer, em vez de decidir fechar o espaço aéreo na Ucrânia.

Ele afirmou que acredita que essa decisão acabará por ser tomada, mas será tarde demais.

Em entrevista à Sky News, Volodymyr Zelensky fez duras críticas ao Ocidente, por agir de forma lenta para conter a Rússia. O chefe de Estado acusou a Rússia de ir para as negociações com ambição desmedida.

Civis

Trinta e cinco mil civis foram retirados de cidades ucranianas na quarta-feira (9).

De acordo com o presidente ucraniano, os moradores das cidades de Sumy, Enerhodar e áreas próximas de Kiev tinham sido retirados por meio de três corredores humanitários.

Zelensky disse que espera que a retirada prossiga hoje, com a abertura de mais três corredores humanitários a partir das cidades de Mariupol, sitiada há nove dias, Volnovakha e Izum.

A Rússia lançou, na madrugada de 24 de fevereiro, ofensiva militar na Ucrânia que causou pelo menos 516 mortos e mais de 900 feridos entre a população civil. Mais de 2,1 milhões de pessoas fugiram para países vizinhos, segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU).

A invasão russa foi condenada pela comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções econômicas a Moscou.

Informações RTP Kiev

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE