PUBLICIDADE

Encher o tanque ficou até R$ 95 mais caro de janeiro a outubro

Este é o caso de uma pessoa que vai encher o tanque com 55 litros de gasolina comum, cujo custo total foi de R$ 254,21 para R$ 348,76 (37,2%).

Este é o caso de uma pessoa que vai encher o tanque com 55 litros de gasolina comum, cujo custo total foi de R$ 254,21 para R$ 348,76 (37,2%).
Este é o caso de uma pessoa que vai encher o tanque com 55 litros de gasolina comum, cujo custo total foi de R$ 254,21 para R$ 348,76 (37,2%). -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Este é o caso de uma pessoa que vai encher o tanque com 55 litros de gasolina comum, cujo custo total foi de R$ 254,21 para R$ 348,76 (37,2%)

Abastecer carro ficou até R$ 94,55 mais caro entre janeiro e outubro deste ano. Este é o caso de uma pessoa que vai encher o tanque com 55 litros de gasolina comum, cujo custo total foi de R$ 254,21 para R$ 348,76 (37,2%) no período – considerando apenas o litro, o preço passou de R$ 4,622 para R$ 6,341.

Ainda que o combustível derivado do petróleo seja nominalmente mais caro, o etanol teve o maior aumento percentual neste ano, 51,6%. Para abastecer o mesmo veículo do exemplo anterior, o desembolso é de R$ 268,57 neste mês, R$ 91,41 mais do que os R$ 177,16 cobrados em janeiro.

Entre os caminhoneiros, o custo com diesel S-10 ficou 34,9% maior desde o início do ano. Isso porque, considerando um tanque de caminhão com 275 litros, o custo saltou de R$ 1.038,95 em janeiro para R$ 1.401,40 em outubro, diferença de R$ 362,45.

A reportagem considerou a média de preços coletados pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis) no decorrer de cada um dos meses.

Inclusive, o país tem registrado atos contra os aumentos consecutivos. Nesta terça-feira (26), caminhoneiros protestaram em uma rodovia do Pará pela redução do ICMS sobre o diesel. Na semana passada, motoristas de caminhão-tanque paralisaram por dois dias em Minas Gerais e no Rio de Janeiro.

Má notícia é que o consumidor pode gastar ainda mais para abastecer nas próximas semanas. Isso porque a Petrobras anunciou, na segunda-feira (25), novos reajustes dos preços nas refinarias. A gasolina fica 7% mais cara e o diesel custa 9,1% mais a partir desta terça.

Leia a matéria completa no site da Banda B, parceira do Portal aRede.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE